DestaquesÚltimas Notícias do Fluminense

Você não vai acreditar no que pai e filho fizeram pelo Fluminense

O amor ao Fluminense muitas vezes faz os torcedores realizarem coisas que somente a paixão por um clube é capaz de explicar, e desta vez, mais uma vez, a paixão pelo Fluminense foi notável com a grande atitude de um pai e filho que cumpriram uma promessa após o título do Fluminense na Libertadores da América.

Sendo um capítulo que faltava na história do Fluminense, a Libertadores em 2023 agora não falta mais. Com isso, muitos torcedores, especialmente aqueles que sofreram com a derrota em 2008, fizeram suas promessas após o título continental do Tricolor, e pai e filho surpreenderam a internet com uma promessa cumprida após o título.

Victor França Alves de Almeida Costa e Victor Hugo Francesconi caminharam da ponte Rio-Niterói até São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. O trajeto foi feito por conta de uma promessa que ambos fizeram caso o Fluminense fosse campeão da Libertadores da América. A jornada de 150 quilômetros levou três dias e passou por sete cidades.

Pai e Filho falam sobre a promessa

O pai, Victor França Alves, já havia feito uma promessa de voltar a pé do Maracanã a São Pedro da Aldeia caso o Fluminense fosse campeão da Libertadores em 2008, quando, infelizmente, o Flu acabou sendo vice-campeão contra a LDU. Seu filho, Victor Hugo, tinha apenas 10 anos na época e também testemunhou o vice-traumático do Flu.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Desta vez, em 2023, foi o filho Victor Hugo quem teve a ideia da promessa caso o Flu fosse campeão desta edição. Hoje, aos 25 anos, Victor Hugo relatou em uma rede social, na qual seu pai não ficou sabendo por não ter tal rede social.

“Todas as Libertadores desde 2008, eu nunca tinha feito essa promessa, eu nunca tinha pensado nisso, fiz sozinho, não avisei a ele. Fui avisar ele um mês atrás, quando a gente foi almoçar. Eu falei: ‘pai, você lembra daquela promessa lá de 2008 que fez? Eu fiz em 2023’. Ele olhou pra mim e falou, na mesma hora: ‘Vou contigo’. Se não fosse ele, eu não ia andar cinco quilômetros.” – Falou Victor sobre a promessa feita com seu pai.

Ao todo, o trajeto levou sete dias para ser completado. Victor, ao lado de seu pai, foi compartilhando em sua rede social o percurso da dupla rumo à cidade onde moram. Com 58 anos, o trajeto foi mais tranquilo para o pai, Victor França, pois o mesmo caminha cerca de 10 quilômetros quase todos os dias. Já o filho Victor Hugo viu o pai ditar o ritmo por não estar acostumado com tal método, mas o amor ao Flu levou os dois a completarem o percurso.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo