Últimas Notícias do Fluminense

Vasco perde São Januário para a Justiça e fica sem estádio

A situação do Vasco fica cada vez mais complicada. São Januário, o estádio do cruzmaltino, foi interditado para partidas com público e desde então o clube tem sofrido para garantir locais onde mandar suas partidas.

A expectativa do Vasco era de que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) finalmente liberasse o estádio para receber público nesta quarta-feira (30), mas a decisão do tribunal surpreendeu a todos: por dois votos a um, São Januário seguirá podendo receber partidas apenas sem público. O Vasco deve recorrer da decisão no Supremo Tribunal de Justiça.

Decisão da Justiça preocupa diretoria do Vasco, que continua sem São Januário

O plano do Vasco para reverter a decisão passa por contatos com o Ministério Público do Rio de Janeiro por um Termo de Ajustamento e Conduta (TAC). Caso o clube consiga um acordo, o processo envolvendo São Januário se encerraria.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Os votos contra a liberação do estádio foram do desembargador Carlos Santos de Oliveira e da relatora desembargadora Renata Cotta; enquanto o voto a favor veio da desembargadora Andréa Pacha.

São Januário foi interditado no fim de maio. A punição imposta ao Vasco foi motivada pelo tumulto que aconteceu nos entornos do estádio após a partida contra o Goiás, no dia 22 de Junho. O jogo era válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, e o Vasco foi derrotado por 1 a 0.

Pedro Sosa

Estudante de cinema que ama filmes e ainda não se encontrou na área, também apaixonado por futebol e pelo Fluminense. Grande admirador de cineastas disruptivos e que desaprovam o cinismo, e também obcecado pelas canhotas mágicas dos camisas 10 que desfilam nos gramados; ou seja: fã de Jean-Luc Godard e Lionel Messi.
Botão Voltar ao topo