Últimas Notícias do Fluminense

Urgente: Chegada de Renato Augusto ao Fluminense é aguardada

Atualmente, boa parte dos jogadores que terminam suas carreiras dentro de campo, buscam seguir de alguma maneira no mundo do futebol. Seja como treinador, auxiliar, comentarista, diversos ex-atletas conseguem seguir uma carreira falando do esporte que mais amam.

E Renato Augusto, conhecido pelos colegas de Corinthians como “treinador dentro de campo”, poderá ser mais um desses. O jogador, frequentemente elogiado por sua visão tática, revelou seu desejo de se tornar treinador e compartilhou um pouco de sua perspectiva sobre o jogo, além dos técnicos que acha interessantes no futebol atual.

Renato Augusto revela admiração por Fernando Diniz

Em entrevista à revista Placar, Renato Augusto revelou seu grande respeito pelo trabalho do atual técnico do Fluminense e da seleção brasileira, Fernando Diniz, e explicou como ele vê o futebol contemporâneo. O número 8 do time também elogiou o espanhol Pep Guardiola e criticou a abordagem atual na montagem das equipes.

“Eu sou um grande fã do Diniz. Eu gosto dele, acho bem interessante a forma como pensa. Já até falei para ele que queria entender como chega a isso, entendeu? Eu sempre tive vontade de trabalhar com Guardiola para poder entender da onde tira os espaços até ele chegar o gol, para entender o processo. O do Diniz eu acho interessante, realmente interessante. É um jogo muito diferente do Guardiola, que é muito posicional, enquanto o dele é livre, de realmente rodar o jogador, mas é um conceito interessante que te faz ficar com a bola”, comentou o atleta.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Além disso, Renato Augusto analisa o que vê no futebol moderno: “O que acontece nos dias de hoje é que estamos ficando cada vez menos com a bola. Preferimos entregá-la e focar em marcar o adversário. No entanto, a bola é o tesouro do jogo; ninguém marca gols sem ela. Só há uma bola. Portanto, gosto muito desses treinadores que querem a bola o tempo todo. ‘Ah, mas tiveram posse de bola e perderam o jogo?’ Sim, mas é algo em que acredito. Não se trata apenas do resultado, mas também do mérito”.

Jogador já fez um curso de treinador na CBF Academy

Atualmente, Renato Augusto já concluiu um curso de treinador na CBF Academy, e, segundo ele, planeja dedicar mais alguns anos para aprender o possível novo ofício. Para isso, ele demonstrou interesse em fazer estágios com outros treinadores, citando novamente Fernando Diniz e Dorival Júnior.

“Graças a Deus me dou bem com praticamente todos os treinadores. E muitos que não trabalhei me dou muito bem. Felipão nunca trabalhei, e a gente se dá muito bem. Dorival sempre me dei muito bem. Então alguns treinadores que acabei não tendo a oportunidade, como o próprio Diniz, mas são caras que eu gosto e que eu acho que tem alguma coisa para te agregar. Então, mais para a frente, se eu tiver a oportunidade com certeza vou procurá-los”, concluiu o jogador, deixando clara sua admiração por ambos.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo