Últimas Notícias do Fluminense

Torcida do Fluminense perde a cabeça e ateia fogo no clube

O Fluminense viveu temporada dos sonhos em 2023, caminhando como o campeão da Copa Libertadores da América, após ter derrotado o Boca Juniors na final. No entanto, em 2024, enfrenta uma realidade completamente diferente, se desdobrando como lanterna na tabela do Campeonato Brasileiro, acumulando apenas seis pontos em 11 jogos, algo preocupante.

No último final de semana, esteve em campo pela 11ª rodada, enfrentando o Flamengo no Maracanã. O adversário possuía motivação diferente para ficar com a vitória, e com o triunfo em 1 a 0, pode segurar a primeira posição em mais uma semana. Os torcedores do Fluminense, no entanto, ficaram completamente insatisfeitos com a situação, mesmo que o gol tenha sido questionado por muitos.

Assim, um grupo pequeno de torcedores decidiu se manifestar, e acabaram jogando morteiros contra a sede do Fluminense, em Laranjeiras, na noite do último domingo (23), exatamente após a derrota do Tricolor. O vídeo rapidamente viralizou nas redes sociais, e mostra ao menos duas pessoas lançando morteiros, algo que gera preocupação nos bastidores.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense pode repensar continuidade de Fernando Diniz

Vale ressaltar que não é a primeira manifestação da torcida no ano, e para parte dos torcedores, o trabalho feito pelo técnico Fernando Diniz deveria ser encerrado. A cobrança também aconteceu no revés para o Cruzeiro, pela 12ª rodada, quando um grupo levantou uma faixa pedindo a saída do treinador. Após o confronto contra o Flamengo, o profissional garantiu não temer uma demissão.

“Risco de demissão eu não tenho (preocupação). Não sou eu que me demito e me contrato. Não vou ter medo de ser demitido. Nunca tive isso na carreira. Tenho muita coerência no meu trabalho, mesmo que pese que é um momento ruim do Fluminense”, revelou. Pela Copa libertadores da América, a situação ainda é confortável, seguindo às oitavas de final.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo