Últimas Notícias do Fluminense

Título do Fluminense cai em esquecimento e torcedores se revoltam

Em 2016, o Fluminense participou de um torneio esquecido por muitos. O clube carioca se juntou a outros times do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro para criar a Primeira Liga, uma competição que visava substituir os polêmicos campeonatos estaduais.

Após discussões sobre patrocinadores e direitos de transmissão, o torneio estreou com a participação de Internacional, Grêmio, Atlético-MG, Cruzeiro, América-MG, Coritiba, Athletico-PR, Figueirense, Avaí, Criciúma e Flamengo.

Como foi a Primeira Liga

Os participantes foram divididos em três grupos de quatro times, com o primeiro colocado de cada chave e o melhor segundo colocado avançando para as semifinais. Na primeira rodada da fase de grupos, o Fluminense enfrentou o Athletico-PR, seu adversário na final. O jogo foi disputado em Volta Redonda e terminou com vitória do Furacão por 1 a 0.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Nas rodadas seguintes, o Tricolor venceu o Cruzeiro por 4 a 3, no Mineirão, e o Criciúma por 2 a 0, em Juiz de Fora, garantindo a primeira colocação do grupo A.

Na semifinal, o Fluminense enfrentou o Internacional, em Brasília. O jogo terminou empatado por 2 a 2 no tempo normal e nos acréscimos, sendo decidido nos pênaltis. Os cariocas venceram por 3 a 2 e avançaram para a final.

A grande decisão foi disputada no dia 20 de abril de 2016, no Estádio Mario Helênio, em Juiz de Fora. Com um gol de Marcos Jr. aos 37 minutos do segundo tempo, o Fluminense venceu o Athletico-PR por 1 a 0 e se sagrou o primeiro campeão da Primeira Liga.

O gol do título foi marcado por Marcos Jr., cria de Xerém, após assistência de Magno Alves, que se tornou o jogador mais velho a conquistar uma taça pelo Fluminense, aos 40 anos.

Conquista da Primeira Liga pelo Fluminense é esquecida

Por ser um campeonato restrito a parte do Brasil, a Primeira Liga foi ignorada por boa parte dos torcedores. Isso se deve pela continuidade do Campeonato Brasileiro, que segue sob o comando da Confederação Brasileira de Futebol.

Desta forma, a Primeira Liga, embora tenha seu valor em ter encarado o principal órgão do futebol brasileiro, não vingou, sobretudo por conta dos próprios clubes envolvidos, que não mantiveram o interesse em dar prosseguimento ao torneio.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo