Últimas Notícias do FluminenseDestaquesJogos e Partidas do Fluminense

Título da Recopa vai garantir R$ 203 milhões ao Fluminense

Tricolor encara a LDU nos dias 22 e 29 de fevereiro

Nesta quinta-feira (22), a LDU recebe o Fluminense pela primeira partida da Recopa Sul-Americana, no Estádio Casa Blanca, às 21h30 (Horário de Brasília). Caso conquiste mais um título internacional, o Tricolor das Laranjeiras chegará aos R$ 203 milhões arrecadados somente com participações em competições entre 2023 e 2024.

A Conmebol irá desembolsar R$ 8,95 milhões ao ganhador da Recopa Sul-Americana, e o Fluminense está com o sinal ligado para aumentar suas receitas. Nos dias 22 e 29 de fevereiro, o elenco comandado por Fernando Diniz vai encarar a LDU em Quito e no Rio de Janeiro, respectivamente. Nesse ínterim, confira o montante já faturado pelo clube carioca:

  • Copa do Brasil 2023: R$ 5,4 milhões por ter chegado até as oitavas de final
  • Campeonato Brasileiro: R$ 33,4 milhões por ter ficado no 7º lugar
  • Libertadores da América: R$ 136 milhões por ser Campeão
  • Mundial de Clubes 2023: R$ 20 milhões por ser Vice-campeão
  • Recopa Sul-Americana 2024: R$ 8,95 milhões (Se for campeão)
  • – Total: R$ 203,7 milhões –
Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense e seu algoz

Apesar de ter faturado o título da principal competição continental, o Fluminense sabe que não terá um trabalho fácil na busca da taça da Recopa Sul-Americana. Sobretudo, a LDU já foi consagrada campeã do torneio em duas oportunidades (2009 e 2010), enquanto o Tricolor das Laranjeiras fará a sua primeira participação.

Todavia, o caminho do Fluminense se torna ainda mais desafiador quando analisado o retrospecto do embate contra a LDU. Em resumo, os equatorianos faturaram uma Libertadores da América (2008) e uma Sul-Americana (2009) diante dos brasileiros. Por outro lado, no embate geral, o tricolor venceu quatro jogos, perdeu três e empatou um.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo