Últimas Notícias do FluminenseDestaquesJogos e Partidas do Fluminense

Titular do Vasco corre do clássico contra o Fluminense

Rivais se enfrentam neste sábado (20)

Apesar de possuir o departamento médico preenchido por jogadores experientes, o Fluminense não é o único plantel com desfalques. Para o clássico deste sábado (20), pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco corre o risco de não contar com o chileno Gary Medel. Sobretudo, o craque titular retornou a seu país natal para ficar ao lado de sua mãe, diagnosticada com sérios problemas de saúde.

Ausente dos treinos do Vasco desde a última segunda-feira (15), Medel recebeu o aval do Vasco para acompanhar de perto a situação de mãe. Contudo, na noite desta quinta-feira (18), o chileno desembarcou no Rio de Janeiro para se juntar a seus companheiros de equipe. Em contrapartida, mesmo de volta ao Brasil, o volante não deve ser relacionado para o duelo contra o Fluminense, uma vez que sua genitora apresentou piora no quadro clínico.

Na temporada atual, Gary entrou em campo 11 vezes, em partidas divididas entre Campeonato Carioca, Copa do Brasil e Brasileirão. Mostrando sua destreza, o chileno foi titular em todos os confrontos, atuando inclusive como zagueiro. Presente no Gigante da Colina, o camisa 17 já soma 21 duelos ao lado de Ramón Díaz e companhia.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Vasco pode perder outro diferencial

Além de Gary Medel, o Vasco da Gama pode entrar em campo sem Dimitri Payet. O francês está no departamento médico se recuperando de uma lesão no joelho direito. Visto como ídolo por parte dos clubes em que passou, o meia não esconde a identificação com o clube carioca, o qual ajudou a escapar do rebaixamento em 2023.

– “Não é uma aventura, mas sim um desafio. Talvez eu pudesse ter ido para outro lugar por outros motivos, mas sou apaixonado por futebol e, quando se é apaixonado por futebol, você quer jogar em clubes como esse, com torcedores como esses, em um país como esse. É mais que um desafio quando te ligam e dizem: “Temos nove pontos e queremos nos salvar” – explicou o francês.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo