Últimas Notícias do Fluminense

Titular do Manchester City não pode nem ouvir falar no nome do Fluminense

Na final do Mundial de Clubes da FIFA, entre Fluminense e Manchester City, em Jedá, na Arábia Saudita, entre mais de 30 jogadores, dois argentinos se destacam: Germán Cano e Julián Álvarez. Ambos são as principais apostas de gol para suas respectivas equipes.

Aos 35 anos, Cano, homem gol por excelência, é um jogador de clube que encontrou seu melhor futebol após os 30 anos, marcando 40 gols pelo Fluminense este ano. Após passagens por vários clubes sul-americanos, Cano busca se consolidar como ídolo tricolor neste Mundial.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Julián Álvarez já encarou o Fluminense antes

Por outro lado, Julián Álvarez, aos 22 anos, é um jovem talento sul-americano que já fez sua estreia na Premier League pelo Manchester City. E ele já encarou o Tricolor em outro momento, atuando pelo River Plate. Na ocasião, o Fluzão venceu por 3 a 1, na Argentina, frustrando os planos do jogador, que certamente deve lembrar até hoje do time carioca.

Sua negociação com o clube inglês foi fechada em janeiro do ano passado, destacando-se pela inteligência e habilidade, sendo o único clube que representou desde os 12 anos. Apesar de não ser titular absoluto de Guardiola, Álvarez contribuiu significativamente para o ataque do City, com 18 gols e nove assistências em 53 partidas este ano.

Ambos os argentinos são figuras cruciais para suas equipes na busca pelo título do Mundial de Clubes, e suas trajetórias distintas refletem diferentes caminhos para o sucesso no futebol mundial. Cano, o experiente goleador, enfrenta Álvarez, o jovem talento em ascensão, em uma partida que promete emoções e destaque para os argentinos no cenário internacional.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo