Últimas Notícias do Fluminense

Telefone tocou e CRAQUE aceitou voltar ao Fluminense

Nesta quinta-feira, 8, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, esteve presente no Charla Podcast, contando várias histórias interessantes sobre o Tricolor das Laranjeiras e seus jogadores. Em um dos momentos descontraídos, ele revelou algumas curiosidades sobre as negociações que levaram à chegada do lateral-esquerdo Marcelo.

“Há dois anos eu vinha falando com o empresário dele, e ele sempre me dizendo que o Marcelo ainda não voltaria a jogar no Brasil. E eu falava: ‘Então posso mandar uma proposta?’. Ele falava que sim. ‘Ah, proposta legal, mas ainda não é o momento’. Falei que seriam nas condições do Fluminense. Dentro do que o Fluminense pode pagar. Nada perto da Europa. Aí quando teve a questão da Grécia lá, eu falei com eles”, comentou o presidente do Tricolor.

Na altura da contratação, Marcelo estava jogando no Olympiacos, da Grécia, e, mesmo com contrato ainda pela metade, o jogador conseguiu rescindir o termo, indo de volta ao Fluzão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Retorno de Marcelo ao Fluminense foi difícil

Bittencourt explicou também que foi bem difícil convencer Marcelo, sobretudo por questões familiares. Contudo, o jogador conseguiu convencer a todos, e, assim, voltar de maneira antecipada para o seu clube de origem.

“Ele só queria voltar no meio do ano. Eu tentei: ‘Pô, vem antes. Vamos tentar ganhar o Carioca’. Tem filho lá na Europa e eu respeito muito esse negócio de família. Ficou meio acertado que viria no meio do ano. Um dia, o telefone tocou e ele falou: ‘Presidente, convenci minha família e vou antes’. Aí é isso. Teve aquela festa linda. Filho dele joga futsal no Fluminense, ele vai em Xerém. Mas o Fernando falou pra ele: ‘Você vai jogar de lateral, tá, o futuro a Deus pertence (risos)’. Ele: ‘Claro, eu sou lateral'”.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo