Últimas Notícias do FluminenseDestaquesFluminense no BrasileirãoJogos e Partidas do FluminenseMercado da Bola do Fluminense

Técnico de rival do Fluminense mal chegou e já está sendo demitido

Comandante possui apenas quatro jogos em sua conta

Se engana quem acha que somente os bastidores do Fluminense discutem a demissão do técnico Fernando Diniz. Com apenas quatro partidas sob o comando do Vasco da Gama, Álvaro Pacheco pode estar com os dias contados no Gigante da Colina. Segundo o ge, o português não agrada mais a diretoria do clube e a SAF iniciou o papelada para que sua demissão seja assinada.

No dia 21 de maio de 2024, o Vasco anunciou a contratação de Álvaro Pacheco para assumir o lugar deixado por Ramón Diáz. Com as expectativas em alta, o treinador desembarcou no Rio de Janeiro, mas ainda não conseguiu mostrar seu estilo de jogo. Para se ter noção do nível de oscilação, em quatro jogos disputados, o técnico acumula três derrotas e um empate. Confira:

Com um gol marcado e dez sofridos em apenas quatro jogos, o presidente do Vasco, Pedrinho, decidiu ainda na madrugada desta quinta-feira (20), que os trabalhos de Pacheco devem chegar ao fim. Sobretudo, o cruzmaltino passou a ocupar a 16ª posição do Campeonato Brasileiro com sete pontos, á frente apenas de Corinthians, Grêmio, Vitória e Fluminense.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense no mesmo impasse sobre Diniz

Por ter faturado títulos inéditos na história do Fluminense, a diretoria carioca ainda não sacramentou a demissão de Fernando Diniz. Vivo nas oitavas de final da Copa do Brasil e Libertadores da América, o Tricolor das Laranjeiras pode perder seu treinador nos próximos dias. Para se ter noção do nível apático, o plantel ocupa a lanterna da Série A com uma vitória, três empates e seis derrotas.

“Lógico que (estar na lanterna) mexe. É um sentimento horroroso. Muito ruim. Tem que ser forte, trabalhar muito e achar soluções para que o Fluminense saia dessa situação. Tem todas as condições de sair disso […] Temos reuniões de maneira natural, a gente não tem reunião por conta só do momento”, disse o treinador ao ser questionado sobre possível demissão.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo