Últimas Notícias do Fluminense

Superbet beneficia o São Paulo e deixa o Fluminense chupando o dedo

Nesta quarta-feira (3), o Fluminense retorna aos gramados em importante desafio, e estreia pela fase de grupos da Copa Libertadores da América contra o Alianza Lima, às 21h30 (de Brasília), no estádio Alejandro Villanueva. Assim, a partida marca a despedida da Betano nos uniformes do Tricolor, caminhando para uma parceria milionária com o novo patrocínio: a Superbet.

Os novos valores do Fluminense junto a Superbet, chegaram aos torcedores do São Paulo de maneira negativa, em um primeiro momento. De acordo com o jornalista Jorge Nicola, que checou os valores dos acordos com ambos os times, os números são bem diferentes. O clube paulista garante que conta com R$ 52 milhões por temporada, para apresentar a casa de apostas no peito e nas costas da camisa.

O contrato com a Superbet ainda prevê aproximadamente R$ 13 milhões em bônus por performance, levando em consideração a campanha do elenco dentro de campo e o número de torcedores que apostam no site. Em um primeiro momento, o ‘ge’ compartilhou que o Fluminense também embolsaria R$ 52 milhões por ano da Superbet, algo que chamou a atenção.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense entra em lista de destaque no futebol brasileiro

No entanto, como compartilhou o portal ‘Explosão Tricolor’, uma pessoa envolvida nas negociações entre a Superbet e o Fluminense, garante que o acordo gira em torno de R$ 35 milhões por ano. Levando em consideração o bônus previsto, o patrocínio poderia superar cerca de R$ 40 milhões. Mesmo se tratando de valores inferiores ao esperado, ainda é maior do que era previsto pela Betano.

A antiga parceira do Fluminense, proporcionava menos de R$ 20 milhões por temporada. Os cinco maiores patrocínios máster do Brasil são: 1º Corinthians (Vaidebet): R$ 120 milhões por ano, 2º Flamengo (Pixbet): R$ 85 milhões, 3º São Paulo (Superbet): R$ 52 milhões, 4º Fluminene (Superbet): R$ 35 milhões e 5º Palmeiras (Crefisa): R$ 32 milhões* (valor estimado pelo espaço no peito).

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo