Últimas Notícias do Fluminense

Saiba quem poderá substituir Diniz no Fluminense em caso de demissão do técnico

O técnico Fernando Diniz tem conquistado importante trajetória ao lado do Fluminense, foi o campeão da Copa Libertadores da América no ano anterior, além de ter conquistado a Recopa Sul-Americana em 2024. Mesmo entre altos e baixos, ainda é peça importante nos bastidores. Caso o acordo um dia chegue ao fim, atualmente há importantes nomes disponíveis no mercado da bola.

Neste primeiro momento, as possibilidades se desdobram entre: Jorge Sampaoli, Gabriel Milito, Gabriel Heinze, Luís Zubeldia, Diego Alonso, Paulo Sousa, Armando Evangelista, Rui Vitória, Carlos Carvalhal, Bruno Lage, Domenec Torrent, Vanderlei Luxemburgo, Mano Menezes e Felipão. A grande novidade está relacionada ao último nome, já que Scolari foi demitido nesta quarta-feira (20).

O treinador Luiz Felipe Scolari foi demitido do Atlético-MG na manhã desta quarta-feira (20), após um trabalho de 9 meses na equipe alvinegra. O treinador foi comunicado sobre a decisão, antes do jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro, torneio extremamente relevante ao torcedor, por representar grande rivalidade em Belo Horizonte. Felipão foi contratado para substituir Eduardo Coudet.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Diniz busca virada de chave pensando na Libertadores

O profissional foi anunciado em junho de 2023, e acabou conquistando a confiança do torcedor no segundo turno do Campeonato Brasileiro da temporada passada, pensando que a equipe chegou a brigar pelo título. Contudo, os resultados acabaram em queda, especialmente pelo Campeonato Mineiro, chegando à final entre altos e baixos, com falas polêmicas direcionadas ao torcedor.

No caso de Fernando Diniz, o profissional também se desdobra em importante momento, considerando que a eliminação pelo Campeonato Carioca deixou a desejar. Agora, a final será representada por Flamengo e Nova Iguaçu. A equipe buscar a virada de chave, antes que inicie seus compromissos pela Copa Libertadores da América.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo