Últimas Notícias do Fluminense

Romário garante que teria feito mais de 2000 gols

Nome marcante do futebol brasileiro, Romário viveu seu melhor momento ao conquistar a Copa do Mundo de 1994, ao lado da seleção, garantindo ser uma peça extremamente diferenciada. O ex-jogador do Fluminense se desdobrou de diferentes maneiras dentro e fora dos gramados, e em 2024, se tornou presidente do America-RJ, além de ter sido inscrito como atleta do clube, 15 anos após a aposentadoria.

Atualmente, ele se desdobra como Senador da República do Rio de Janeiro, mas não se cansa de falar sobre futebol. Agora, conta com a série documental “Romário, O Cara”, que será responsável por relatar a vida e a carreira de um dos maiores jogadores do futebol nacional. Os fãs poderão acompanhar de perto, ainda mais detalhes sobre a sua trajetória, que segue em destaque.

Recentemente, em entrevista ao EFE deportes, Romário comentou sobre os jogadores atuais e os de antigamente, com uma diferença evidente em sua visão: “Hoje os caras são burros pra c@ralho, na minha época era diferente, os jogadores mais técnicos e inteligentes. Dentro de campo, com certeza, eu faria mais de 2.000 gols”, relatou o profissional.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Romário conta com série marcante sobre sua história

Em sua série que tem chamado a atenção dos torcedores, há episódios com entrevistas exclusivas de personalidades como Neymar, Roberto Dinamite, Carlos Alberto Parreira, e até mesmo com o renomado técnico Pep Guardiola, que comentam sobre a trajetória do “Baixinho” Romário. Para assistir a série, basta que o torcedor entre no catálogo da plataforma de streaming Max.

No entanto, os torcedores repararam na ausência do profissional na estreia do America-RJ pela Série A2 do Campeonato Carioca. Romário não entrou em campo e adiou seu retorno como jogador. Agora, fica a expectativa sobre seu retorno aos gramados, pensando em marcar ainda mais sua trajetória no esporte.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo