DestaquesJogos e Partidas do FluminenseÚltimas Notícias do Fluminense

Rojas apita a final da Recopa! Veja o retrospecto do árbitro em jogos do Fluminense

O Fluminense, no próximo dia 22 de fevereiro, jogará a sua primeira partida pela final da Recopa Sul-Americana. O clube das três cores, na grande decisão, enfrentará a LDU, equipe tradicional e que por muito tempo foi algoz do Fluminense. Para o confronto de ida, que será no Equador, a Conmebol divulgou oficialmente quem comandará o apito no duelo.

Com muitos torcedores do Fluminense sempre pedindo o venezuelano Jesus Valenzuela, que toda vez que apita jogos do Flu agrada a torcida, infelizmente, não foi dessa vez que o venezuelano ficará à frente do apito. O juiz que comandará o jogo de ida na grande final da Recopa Sul-Americana será Andres Rojas, da Colômbia, que já apitou algumas partidas do Fluminense.

Andres Rojas, inclusive, esteve como quarto árbitro de Fluminense x Boca Juniors pela final da Libertadores no Maracanã, onde o Flu saiu campeão pela primeira vez em sua história do torneio continental. Em campo, sendo o árbitro principal, o colombiano apitou apenas duas partidas do Fluminense, com o clube ainda estando invicto.

A primeira delas foi pela Sul-Americana de 2018, quando o Fluminense enfrentou o Deportivo Cuenca e venceu por 2×0. Já a segunda vez foi válida pelas quartas de final da Sul-Americana de 2019, onde, no duelo brasileiro entre Corinthians e Fluminense, Rojas ficou mais uma vez à frente do apito no jogo que ficou empatado em 0x0.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Agora, com o juiz indo apitar seu terceiro confronto com o Fluminense envolvido, as expectativas são positivas. Para os mais supersticiosos, as notícias do título da Libertadores e de estar invicto soam ainda mais positivas. A bola rola na primeira partida da final no dia 22/02, na quinta-feira, às 21:30 no horário de Brasília, com mando da equipe da LDU.

Fluminense e LDU irão protagonizar mais uma final continental.

Fluminense e LDU já se enfrentaram em finais continentais por duas vezes, e em ambas as ocasiões, a equipe equatoriana levou a melhor. Em 2008, na final da Libertadores, após um agregado de 5×5, a equipe equatoriana venceu nos pênaltis, causando um dos episódios mais traumáticos na história do Fluminense, que, em 2023, foi finalmente apagado.

O outro episódio ocorreu no ano seguinte, onde, após uma campanha invicta chegando à final, o Flu sofreu sua primeira derrota no primeiro jogo contra a LDU por 5×1. Na volta, mais uma vez no Maracanã, os 3×0 não foram suficientes, e o Fluminense novamente ficou com o vice. Agora, em 2024, o Tricolor terá uma nova chance de superar a maldição.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo