DestaquesMercado da Bola do FluminenseÚltimas Notícias do Fluminense

Reviravolta acontece e Orlando City exige a renovação de Antônio Carlos, esperado no Fluminense

Com os enormes problemas que o Fluminense deve enfrentar na zaga da equipe para o ano que vem, o clube colocou como primeiro alvo nesta janela o zagueiro Antônio Carlos, visando principalmente reforçar a defesa da equipe. Entretanto, um novo capítulo nas negociações ocorreu entre o Fluminense e a equipe norte-americana.

O reforço de Antônio Carlos visa principalmente ajustar a zaga da equipe, que já conta com poucos nomes, como Marlon (com empréstimo até o meio do ano de 2024), David Braz (que deve ter contrato renovado), Felipe Melo (que sofre bastante com lesões) e Nino (que deve estar de saída para o futebol europeu).

Inicialmente, o zagueiro do Orlando City, que enfrentou até mesmo Lionel Messi neste ano em competições no exterior, iria chegar sem custos ao Flu, já que o contrato do zagueiro com a equipe iria até o final de 2023. No entanto, devido a uma cláusula em seu contrato, o Flu terá que passar a pagar uma taxa à equipe.

Fluminense terá que pagar para ter zagueiro 

O contrato de Antônio Carlos com o Orlando City iria até o final do ano de 2023, mas em seu contrato, o time tinha uma cláusula de renovação automática que poderia ser usada para complicar a negociação com o Fluminense, com o clube de Orlando utilizando tal artifício para lucrar ao menos um pouco com o jogador.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

De acordo com o jornalista Marcello Neves, o time norte-americano acionou a cláusula de renovação com o jogador, mas o desejo do mesmo de retornar ao Brasil acabou pesando na negociação de contrato, e o Tricolor se dispôs a pagar uma quantia pela liberação para ficar com o defensor.

Com isso, Antônio Carlos nas próximas semanas deve vir ao Brasil para realizar seus exames médicos e, em seguida, assinar o contrato de forma oficial, podendo ser anunciado após a participação do time no Mundial de Clubes da FIFA. Ele chega principalmente para substituir Nino.

Aos 30 anos, o jogador retorna ao Brasil após três temporadas defendendo o Orlando City nos Estados Unidos, sendo um dos melhores defensores da equipe durante seu tempo lá. No Brasil, ele teve muito destaque no Palmeiras, sendo campeão brasileiro em 2018 com a equipe Alviverde.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo