Últimas Notícias do Fluminense

Revelado motivo surpreendente que pode colocar Ronaldinho Gaúcho atrás das grades

O ex-jogador do Fluminense, Ronaldinho Gaúcho, pentacampeão mundial pela seleção brasileira, está envolvido em um esquema envolvendo criptomoedas, sendo novamente acionado pela Justiça.

Além disso, o ex-jogador tricolor também não compareceu à convocação da Câmara dos Deputados para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Pirâmides Financeiras, na terça-feira, 22, relacionado a problemas com uma famosa casa de apostas.

Por conta disso, ele poderá ser levado à força caso não compareça à sessão marcada para esta quinta-feira, 24.

Entenda o caso

O ex-jogador está sendo investigado por conta de sua empresa, Ronaldinho 18K, sendo chamado duas vezes para depor. No entanto, sua segunda ausência foi justificada por “condições climáticas adversas”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Se não comparecer no novo chamado, Ronaldinho poderá ser conduzido de maneira coercitiva, sendo obrigado a depor na investigação. Essa medida é tomada apenas quando os órgãos competentes não conseguem levar o envolvido a depor por vontade própria.

Segundo as informações apuradas, a Ronaldinho 18K não cumpriu os pagamentos diários de 2% de rendimento prometido nos investimentos feitos por terceiros no setor de criptomoedas.

Desta forma, diversos clientes da empresa do ex-jogador do Fluminense que se sentiram lesados, iniciaram um processo judicial, que busca uma indenização superior a US$ 61 milhões de dólares.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo