Destaques

Prisão de Robinho no Brasil: STJ bate o martelo e choca o mundo

Nas últimas semanas, o futebol mundial parou para acompanhar a decisão da Justiça da Espanha sobre a acusação contra Daniel Alves, por crime de agressão sexual. O profissional foi condenado a quatro anos e meio de prisão, em resultado ainda inferior ao esperado. Logo, os torcedores passaram a relembrar o caso envolvendo Robinho, ídolo do Santos que pode ficar preso no Brasil.

Em história antiga, ainda não solucionada, Robinho foi condenado, na última instância da Justiça italiana, pelo crime de estupro sexual em grupo, contra uma jovem albanesa. Diferente de Daniel Alves, o atleta conseguiu “escapar” para o Brasil, onde sabia que não poderia ser extraditado para realização da pena, considerando as leis do país. No entanto, a pena ainda pode ser executada.

A Justiça italiana enviou um pedido, para que o atleta cumpra a pena no Brasil. O julgamento pode acontecer em breve, e o STJ já pode mandar prender Robinho, algo ainda esperado pela vítima e por grande parte dos torcedores do futebol nacional, que entendem a importância da prisão sobre o caso. O julgamento está previsto para o dia 20 de março e gera expectativa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Robinho pode ser preso antes da decisão

O encontro tem como o objetivo, estudar a possibilidade de que Robinho cumpra a pena da Justiça da Itália no Brasil ou se o profissional deve seguir em liberdade. No entanto, a sua prisão pode acontecer antes do esperado. Como determinou alguns ministros do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), o atleta já pode ir para atrás das grades antes da decisão final.

Mesmo com a grande expectativa pelo julgamento que deve acontecer no dia 20, a decisão final só deve ser anunciada nos próximos dias ou próximas semanas. Com o intuito de evitar qualquer tipo de ação de Robinho, fugindo para um outro local dependendo da decisão, a partir do dia julgamento ele já pode receber um mandato de prisão, algo que impressiona.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo