DestaquesMercado da Bola do FluminenseÚltimas Notícias do Fluminense

Presidente promete faxina no elenco do Fluminense 

Com a temporada tendo seu início de forma oficial no meio de janeiro, o Fluminense tem dado conta no início da competição com os jogadores da base, além de alguns outros atletas sem espaço. Até o momento, os jogadores têm correspondido, fazendo boas partidas e aproveitando as oportunidades.

Entretanto, apesar do bom desempenho da garotada do Flu e de outros atletas, o Fluminense terá mesmo assim uma dor de cabeça para o restante da temporada. Isso ocorre porque o treinador Fernando Diniz gosta de utilizar elencos mais curtos do que o normal, e com isso, alguns jogadores podem deixar o Tricolor, mesmo com o bom início de ano.

Essa situação se dá pelo tamanho do elenco Tricolor e pela necessidade do clube de gerar receitas. Neste momento e no início desta temporada, o total de atletas que treinam no CT Carlos Castilho são 53 jogadores. Diante disso, o presidente Mario Bittencourt comentou sobre o inchaço no elenco e afirmou que pretende fazer uma “faxina” ao longo da temporada.

Mário Bittencourt comenta sobre o elenco 

Em entrevista concedida na última terça-feira (30/01), o presidente do Fluminense comentou sobre o inchaço no elenco, onde atualmente são 53 atletas treinando em Xerém. Com isso, o mandatário afirmou que pretende sim fazer uma limpeza junto do treinador Fernando Diniz, emprestando alguns atletas e vendendo outros.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Uma das coisas que infelizmente aconteceu é que a CBF acabou com o Brasileirão Sub-23. Esse time do estadual seria o Sub-23. Seriam jogadores no mercado e aptos para usarmos. Temos que começar este ano a criar essas receitas com esses jogadores que não serão aproveitados no clube. Vamos também tentar permanecer com uma parte dos direitos para conseguirmos fazer esse giro de caixa para o clube.” – Falou o mandatário do Fluminense.

Mario Bittencourt ainda comentou que o Tricolor almeja cerca de 100 milhões de reais em vendas de jogadores em 2024 e que precisará fazer receitas com atletas. Mesmo tendo potencial, ele terá que se desfazer de uma grande parte, seja emprestando ou vendendo para outros clubes, a fim de atingir a meta financeira.

Até o momento, dentro do clube, dois negócios já foram concluídos com jogadores que se reapresentaram neste ano para iniciar o estadual: Samuel Granada, que foi para o AVS, de Portugal, e Cristiano, que está encaminhado com o Goiás. Além deles, claro, houve também a saída do zagueiro e capitão Nino, que foi para o Zenit.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo