Últimas Notícias do Fluminense

Presidente do Vasco surpreende e crava que o clube está quebrado

A passagem de Álvaro Pacheco ao comando do Vasco da Gama deve ser encerrada em breve, algo que gera nova insatisfação aos torcedores. Na noite da última quarta-feira (19), o Grêmio entrou em campo pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, e acabou sendo derrotado por 2 a 0 para o Juventude, com gols de Leo Jardim, contra, e Lucas Barbosa. A situação vem se complicando.

Já é a terceira derrota em quatro jogos ao comando do português. De acordo com informações compartilhadas pela CNN, a demissão do profissional deve ser oficializada ainda nesta quinta-feira (20). Mesmo que os números em campo desagradem o torcedor, pode ser apenas o reflexo de tudo que acontece nos bastidores, especialmente sobre o desenvolvimento da SAF.

De acordo com imagens feitas pelo ‘BTB Sports’, Pedrinho, presidente do Vasco, comentou sobre a preocupação em relação ao trabalho da Sociedade Anônima do Futebol: “A SAF está quebrada. Tem gente preocupada com aporte. A SAF está quebrada, e eu já sabia que isso aconteceria, por isso entrei com a liminar. A dívida com Payet é de março, não fui eu quem fiz’, revelou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Pedrinho detalha reação de Payet no Vasco

Além disso, Pedrinho comentou que as luvas de negociação de jogadores estão atrasadas desde a temporada passada e ainda garantiu que o atleta responsável por vestir a camisa 10 do Vasco da Gama, Dimitri Payet, ainda não conta com os pagamentos referentes ao mês de março. A situação pode ser cada dia mais prejudicial para a equipe, pensando nas possíveis punições.

Ainda assim, o dirigente do Vasco nega qualquer tipo de problema em relação ao jogador, e acredita que o trabalho deve ganhar evolução na sequência da temporada: “O Payet nunca teve um pingo de problema. Muito pelo contrário. A relação é ótima. Identificamos a questão das dívidas, não só com ele, mas com outros empresários. Algumas luvas já consegui pagar”, revelou.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo