Destaques

Presidente do Vasco já anunciou contratação de Germán Cano

O futebol brasileiro proporciona momentos históricos na maioria dos anos, seja em contratações, títulos e até mesmo rivalidades, e uma das rivalidades que mais cresceu nos últimos anos foi entre Fluminense e Vasco. Mesmo com o rival Cruzmaltino vivendo má fase e brigando nas partes inferiores dos campeonatos, a rivalidade continua gigantesca.

Um dos grandes motivos pela alimentação desta rivalidade no cenário carioca se deve principalmente pela história envolvendo Germán Cano, o argentino que hoje é um dos maiores ídolos da história do Fluminense e até mesmo autor de gol na final e campeão da Libertadores da América foi contratado por conta do Vasco.

No final de 2019, depois de ficar mais um ano na Série A, o Vasco se reformulou para o Brasileirão de 2020. No campeonato em questão, o Vasco comprou um argentino que foi destaque na Colômbia, sendo até hoje o maior artilheiro da história do Independiente Medellin, que foi Germán Cano. Ao chegar no rival do Flu, o jogador foi destaque no início do campeonato com o Cruzmaltino.

Entretanto, assim como todo o time do Vasco naquele ano, o jogador caiu de rendimento e terminou o ano rebaixado com o Vasco. Na Série B em 2021, Cano ficou muito marcado por pênaltis perdidos, e o Vasco não conseguiu subir. Sem acordo de renovação para 2022, Cano saiu do Vasco com 101 partidas e 41 gols, bons números, mas saindo pela porta dos fundos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Germán Cano pulou o muro e virou ídolo no rival

Pulando o muro e assinando de graça com o Fluminense, o argentino logo virou destaque do clube. Logo em seu primeiro campeonato com o Tricolor, foi campeão carioca em uma final contra o Flamengo, e seus números também melhoraram quando chegou no Flu, marcando incríveis 44 gols no ano de 2022.

Em 2023, veio a consagração do centroavante, que já havia ficado com a artilharia do Brasileirão em 2022 e da Copa do Brasil. Em 2023, além de ganhar a histórica Libertadores para o Flu, sendo artilheiro, foi bicampeão carioca, com direito ainda a requintes de crueldade, com um gol do meio do campo contra seu ex-clube, o Vasco, na primeira fase.

Hoje muito identificado com o Fluminense, a passagem de Germán Cano pelo Vasco costuma até mesmo ser esquecida pelos torcedores, já pelos do Flu virou até motivo de brincadeira, já que foi o rival que “descobriu” o artilheiro que logo virou ídolo nas Laranjeiras, algo que nos últimos anos tem até mesmo se tornado comum, como aconteceu em 2008 com Conca.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo