Últimas Notícias do FluminenseDestaquesJogos e Partidas do Fluminense

Presidente do Fluminense pode ser preso após receber processo da Conmebol?

Mandatário fez durar críticas ao quadro de arbitragem

A Recopa Sul-Americana 2024 foi finalizada com uma performance eletrizando de Fluminense LDU. Com um agregado sinalizando 3 a 1, o Tricolor das Laranjeiras ergueu o primeiro título da competição em sua história. Contudo, o presidente Mário Bittencourt está sendo investigado pela Conmebol após fazer fazer durar críticas à organização do torneio ao escolher o quadro de arbitragem.

Durante o jogo da ida, em Quito, a partida foi finalizada em 1 a 1, mas o Fluminense ficou na bronca com a arbitragem por dois lances. O primeiro foi um pênalti sofrido por Germán Cano, que foi completamente ignorado pelo árbitro Andres Rojas. Em contrapartida, o lance que originou o gol de empate da LDU marcava impedimento de Alex Arce, novamente refutado pelo juiz do confronto.

Após enquadrar a atuação do árbitro como “lamentável” e apresentando “erros grotescos”, Mário Bittencourt foi parar no banco dos réus pela Unidade Disciplinaria da Conmebol. A entidade alega que as declarações do representante do Fluminense atingiram nível mundial, colocando em questionamento a competência da instituição organizada da Recopa Sul-Americana.

Nos autos do processo, Bittencourt foi enquadrado por infringir os artigos 11.2, b), c) e f) do Código Disciplinário da Conmebol. Apesar do agravante, o Fluminense pode recorrer das acusações até o dia 11 de março, às 13h (Horário de Brasília). Caso seja condenado, o presidente não corre o risco de ser preso, mas pode ser punido com as seguintes medidas:

  • a. Suspensão por um determinado número de jogos ou por um período;
  • b. Proibição de acesso aos vestiários ou de ocupar lugar no banco de reservas;
  • c. Proibição de acesso aos estádios;
  • d. Suspensão do exercício de uma ou qualquer função relacionada com o futebol por determinado número de jogos ou por determinado período;
  • e. Proibição do exercício de atividades relacionadas com o futebol;
  • f. Cancelamento de licença, habilitação, credenciamento ou alvará;
  • g. Expulsão de uma competição em andamento e/ou exclusão de competições futuras.
Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O que disso o mandatário do Fluminense?

“Tão lamentável quanto o erro absurdo do árbitro em não marcar o pênalti no Cano, me deixa estupefato que parte da imprensa esportiva ignore que, além do empurrão, Cano tenha sido pisado no pé esquerdo dentro da área. Foram dois pênaltis no mesmo lance, um empurrão e um pisão!

Ahhh, já ia me esquecendo…alguns deles ainda falam que a não marcação do pênalti não interferiu no resultado do jogo e ignoram também os quase 3 mil metros de altitude onde a partida foi disputada.

Enfim… na próxima quinta-feira, diante de nossa enorme torcida, vamos buscar o resultado e mais esse título para nosso clube, com a mesma humildade de sempre.

Sobre o erro grotesco de arbitragem, já estamos tomando as medidas administrativas cabíveis, sempre respeitando os trâmites legais e as instituições” – escreveu o presidente em suas redes sociais.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo