Últimas Notícias do FluminenseJogos e Partidas do Fluminense

Portal avalia empate do Fluminense, somente um se salvou e Guga decepcionou

O desempenho do Fluminense foi bem aquém do possível para a equipe forte do técnico Fernando Diniz. Com grandes jogadores do futebol brasileiro, o elenco do Tricolor pode mais e deixar a desejar no empate diante do Boavista por 1 a 1 na quinta-feira (26).

Para avaliar o desempenho individual dos atletas, o jornal Lance! fez levantamento de cada um dos jogadores que estiveram em campo. Destaque positivo para o meia Lima e negativo para Guga e David Braz.

PEDRO RANGEL – 6,0 – Não teve culpa no gol de Marquinhos. Evitou um gol contra de David Braz e salvou finalizações de Peu e Matheus Alessandro.

GUGA – 3,5 – Errou de forma bisonha um corte e abriu caminho para o Boavista marcar o gol de empate. No restante da partida, demorou a deslanchar e teve lampejos apenas em investidas no decorrer da etapa final.

DAVID BRAZ – 4,5 – Iniciou a jogada do gol de Lima e lutou no ataque. Porém, aos poucos seu ritmo foi caindo e deu espaços na defesa. Quase marcou gol contra na etapa final e chegou atrasado no combate a Marquinhos.

VITOR MENDES – 5,5 – Teve trabalho em alguns momentos para conter o ímpeto de Matheus Alessandro.

JORGE – 5,0 – Atrapalhou-se quando o Boavista tentou investidas por seu lado e se mostrou afobado em algumas trocas de passes. Teve bons momentos em cruzamentos para a área, mas não foi constante.

FELIPE MELO – 5,0 – Arriscou finalizações e se apresentou para o ataque com frequência. Porém, se enrolou em alguns momentos no combate.

LIMA – 6,5 – Fez o cruzamento que culminou no gol contra de Kevem. No mais, foi a válvula de escape para tentar o Fluminense à frente. Mas não conseguiu manter a pegada.

MICHEL ARAÚJO – 5,5 – Subiu de produção e tentou levar a equipe à frente. Só que o ímpeto ofensivo tricolor não estava inspirado.

MARRONY – 4,0 – Arriscou em uma cabeçada, mas não conseguiu levar o Fluminense ao ataque com o mesmo fôlego. Partida abaixo do esperado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

ALAN – 4,5 – Chegou a se apresentar para buscar tabelas, mas não estava inspirado.

KENO – 5,0 – Teve arrancadas promissoras e foi opção de ataque na etapa inicial. Entretanto, caiu de produção com o decorrer da partida.

WILLIAN – 5,5 – Quase marcou em uma cabeçada e teve bons momentos.

ANDRÉ – 5,0 – Vinha mostrando bom toque de bola assim que foi lançado em campo e quase marcou. Porém, também se atrapalhou no meio e foi envolvido no gol do Boavista.

GIOVANNI – 6,5 – Mostrou boa mobilidade e foi o responsável pelas melhores chances da equipe na reta final. Quase fez o gol da vitória nos acréscimos.

ARTHUR – S/N – Entrou nos últimos minutos e não teve tempo de apresentar seu futebol.

JOÃO LOURENÇO – S/N – Foi outro jogador lançado no fim e que não teve tempo de mostrar serviço.

FERNANDO DINIZ – 4,5 – O Fluminense teve uma etapa inicial com sucessivos erros e precisou de uma trapalhada do Boavista para sair na frente. Após um retorno promissor, os tricolores tiveram um desempenho preguiçoso e Diniz não conseguiu mudar o panorama da equipe mesmo com as mudanças.

André não titubeia e confirma informação que deixou os torcedores preocupados

Na entrevista coletiva pós jogo contra o Boavista, onde o Fluminense empatou por 1 a 1, o volante André confirmou que recebeu proposta do Fulham, da Inglaterra. Notícias recentes davam que o jogador do Tricolor havia recebido proposta de 20 milhões de euros (cerca de R$ 111 milhões) para ir jogar na Premier League.

Pedro Rocha

Pedro Rocha, natural de Fortaleza, Ceará. 24 anos. Formado em jornalismo pela Universidade de Fortaleza. Amante de futebol, apaixonado por notícias e curiosidades.
Botão Voltar ao topo