Últimas Notícias do Fluminense

PEDIU PARA VOLTAR! Atacante ligou para Diniz e acertou retorno ao Fluminense

John Kennedy é um jogador lendário para a história do Fluminense. O jovem atacante de 21 anos protagonizou uma das maiores histórias de superação em 2023. Emprestado no início do ano para a Ferroviária, retornou às Laranjeiras e marcou o gol decisivo na final da inédita conquista da Copa CONMEBOL Libertadores contra o Boca Juniors, levando a torcida no Maracanã ao delírio.

O jogador, conhecido como “Presidente” pelos colegas de elenco, teve participações cruciais ao longo da competição, marcando gols em todas as fases do mata-mata contra Argentinos Juniors, Olimpia, Internacional e Boca Juniors.

Contudo, para retornar ao Flu, JK ligou para Fernando Diniz, pedindo mais uma chance no elenco: “Acabou o Paulistão e eu mandei um texto para o Diniz: ‘Fala, professor. Campeonato aqui acabou, queria uma 2ª chance pra voltar ao Flu, pra ajudar e retomar minha caminhada. Me dê essa segunda chance, por favor'”. E Diniz aceitou, mostrando a importância da confiança depositada em seus atletas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

John Keneedy faz história no Fluminense

Apesar de ter desfalcado o time devido a uma pubalgia e enfrentado diversas acusações infundadas nas redes sociais, John Kennedy pediu paz para se recuperar e voltar a jogar o último jogo da competição internacional.

Iniciando a final no banco de reservas, o predestinado jogador entrou na partida aos 34 minutos do segundo tempo na prorrogação e marcou o gol da vitória, superando o goleiro argentino Sergio Romero. A comemoração efusiva levou à sua expulsão, mas o gol coroou sua jornada de superação.

O jovem, que passou por provações ao longo da temporada, encontrou em Fernando Diniz uma espécie de mentor. Sua trajetória, marcada por momentos difíceis, culminou na recompensa de se tornar um herói na história do Fluminense. Assim, John Kennedy tornou-se uma figura icônica da história do time verde, branco e grená, ao derrotar o Boca Juniors na noite especial que eternizou seu nome na história do clube.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo