Últimas Notícias do FluminenseFluminense no Brasileirão

Ótima notícia do final de semana chega ao Fluminense

O Fluminense retorna a campo para a disputa do Brasileirão neste sábado a partir das 21 horas, no Maracanã, contra o Coritiba. O Tricolor, como já explicado por Fernando Diniz, não pretende “dar a vida” com a intenção de complicar a situação de quem briga contra o rebaixamento ou pelo título ou até competições internacionais. O planejamento é a preparação de olho no Mundial de Clubes.

Mesmo assim, é importante que o Fluminense também construa resultados durante a reta final do Brasileirão. São quatro rodadas até a viagem tão esperada à Arábia Saudita. O Tricolor estreia no Mundial de Clubes no dia 18 de Dezembro. O adversário não está definido. Enquanto isso, cabe a Fernando Diniz se contentar com o acúmulo de pontos no Brasileirão.

Neste sábado, além de enfrentar um clube na zona de rebaixamento, o Fluminense tem outros motivos para se ver mais próximo da vitória. O Coritiba está recheado de desfalques e o mais novo a ser confirmado foi o goleiro titular: Gabriel Vasconcelos. O arqueiro fará companhia, fora dos gramados, aos zagueiros Reynaldo e Henrique, ao meia Marcelino Moreno e aos atacantes Robson e Slimani.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O gol vai sair?

O compromisso, apesar de não valer para as pretensões do Fluminense no Brasileirão, também é importante ao atacante Germán Cano. O artilheiro do Tricolor na temporada com 38 gols e que chegou às Laranjeiras em 2022 nunca anotou um gol contra o Coritiba. Em três partidas, viu os companheiros anotarem sete vezes.

Paulo Henrique Ganso foi o autor de dois gols, William Bigode de mais dois, e Jhon Arias, Caio Paulista e Nathan marcaram um cada. Caso Fernando Diniz mande força máxima para o Maracanã, Germán Cano tem a oportunidade de, enfim, encerrar esse ciclo diante do Coritiba.

Fábio

Apaixonado por futebol desde os primeiros passos, sou mais um dos que tiveram o sonho de se tornar jogador interrompido por lesões (é verdade, operei o LCA duas vezes), mas também, claro, por outros inúmeros motivos. Tento, no Jornalismo, manter o meu contato com o esporte que amo com uma escrita diferenciada e única.
Botão Voltar ao topo