Últimas Notícias do Fluminense

Oficial: FIFA iguala os Mundiais de Fluminense e Flamengo

O Fluminense viveu temporada dos sonhos no ano anterior, e conquistou a sua primeira taça da Copa Libertadores da América, em campanha emocionante. A final se desdobrou contra o Boca Juniors, no Maracanã, e marcou o importante trabalho feito pelo técnico Fernando Diniz. Além do importante título, o Tricolor alcançou uma das vagas para o Super Mundial de Clubes de 2025.

Além da mudança no torneio, agora com mais times e em um novo modelo, a FIFA anunciou a criação de um Mundial de Clubes Feminino, que será disputado por 16 times a cada quatro anos, com a primeira edição em janeiro ou fevereiro de 2026. A expectativa em relação ao torneio é grande, a pode aumentar a atenção para as equipes do futebol nacional.

O local da edição inaugural ainda será definida e será compartilhado em breve aos torcedores. Além disso, ainda acontecerá a distribuição de vagas por continente. A Conmebol deseja ao menos quatro vagas para seus participantes. O Conselho da Fifa, que se encontrou na última quarta-feira (15) em Bangkok, na Tailândia, também definiu a criação de uma competição anual de clubes para mulheres.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense acompanha definições da FIFA

No entanto, vale lembrar que ainda não há qualquer tipo de definição de duração, número de participantes ou vias de classificação. Aproveitando as decisões e o encontro dos representantes, a Fifa também anunciou mudanças no calendário internacional, pensando nas temporadas de 2026 até 2029, para o futebol feminino. O Fluminense segue de olho nas possibilidades.

Entre as definições, ficou decidido que as datas Fifa serão disputadas sempre em fevereiro-março, abril, maio-junho, outubro e novembro-dezembro. Além disso, haverá no mínimo quatro semanas de espaço entre uma data Fifa e a próxima data, pensando na recuperação dos elencos. Os torcedores do futebol nacional acompanham as novidades.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo