Destaques

Oficial: Abel é chamado para assumir a seleção brasileira 

A CBF está gradualmente montando seu planejamento para uma nova era, após a saída de Tite, que anunciou sua saída da Seleção após a Copa do Mundo de 2022. A CBF ficou temporariamente sem rumo, aguardando uma definição sobre Ancelotti, confirmado por Ednaldo Rodrigues, presidente da entidade, mas que acabou não se concretizando.

Após a decepção com Ancelotti, Ednaldo, que retornou ao cargo em dezembro, escolheu Dorival Junior como técnico para o ciclo de 2026 da Seleção Brasileira, encerrando assim uma das discussões mais acaloradas de 2023. Também, Fernando Diniz, que estava à frente da Seleção, foi dispensado não sendo contratado de maneira fixa pela Seleção Brasileira.

A CBF, buscando um planejamento mais profissional, considera convidar o ídolo do Fluminense, Abel Braga para um cargo dentro da entidade. O ex-treinador foi consultado para assumir um cargo na Seleção Brasileira, com a intenção da CBF de tê-lo como novo coordenador da entidade, conforme reportado pelo portal UOL.

Aos 71 anos, seu último trabalho como técnico foi no Fluminense, onde conquistou o título carioca em 2022. Contudo, após resultados adversos, deixou o cargo. Seu último envolvimento no futebol foi em 2023, quando, no final do ano, saiu do cargo de diretor técnico do Vasco da Gama.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Segundo informações da UOL, Abel Braga não considera aposentadoria e está disposto a continuar trabalhando, o que pode facilitar a negociação com a CBF, vale lembrar que seu último trabalho foi no Vasco onde saiu no final de 2023. O convite já foi estendido a Filipe Luis, ex-jogador do Flamengo, que optou por iniciar sua carreira como técnico no sub-17 do Flamengo.

Abel Braga liderou o Flu a títulos históricos 

Com uma destacada carreira no Fluminense, Abel Braga conquistou taças tanto como jogador quanto como treinador, tornando-se um dos grandes ídolos na história do Tricolor Carioca. Ele detém seis títulos cariocas, sendo três como técnico e três como jogador, além do Campeonato Brasileiro de 2012, quando levou o Fluminense ao tetracampeonato com um dos times mais icônicos da história Tricolor.

Embora a situação de Abel com a CBF ainda não esteja definida, o ex-treinador, aposentado desde quando deixou o Fluminense em 2022, permanece aberto a oportunidades no futebol. O cargo de coordenador pode ser assinado a qualquer momento, aguardando uma decisão.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo