Últimas Notícias do FluminenseJogos e Partidas do Fluminense

O IMPOSSÍVEL ACONTECEU! Fluminense vence por 3 x 2: veja como foi

Tricolor fecha o ano com vitória

Nesta terça-feira (19), o Fluminense protagonizou sua última partida no ano na Superliga Feminina de Vôlei, diante do Unilife Maringá. Apesar de jogar fora de casa, as Guerreiras não se intimidaram e derrotaras as adversárias por 3 sets a 2. Como consequência da façanha, o Tricolor das Laranjeiras pegaram o elevador para a 5ª posição.

Almejando o título do principal torneio nacional de vôlei, o elenco do Fluminense apostou todas as suas fichas para encerrar o ano em grande estilo. Em duelo eletrizante, o Maringá até que tentou, mas foi surpreendido no quinto set. Em resumo, os 13 pontos do elenco de Xerém foi atingido após sacramentar o confronto com as parciais de 25/20, 26/24, 19/25, 18/25 e 16/14.

Apesar da vitória, a partida entre os planteis por pouco não terminou com um revés. Sob o comando da ponteira Uzelac, maior pontuadora da Superliga Feminina, o Fluminense abriu dois sets de vantagem. Movidos por sua torcida em maior número, o Maringá foi atrás do resultado e conseguiu empatar a partida. Contanto, Vanessa Janke garantiu o triunfo tricolor no último set.

Segura dentro de quadra, a levantadora do Fluminense, Pri Heldes, reconheceu a dificuldade em derrotas as adversárias, mas enalteceu o comprometimento do elenco tricolor. Sobretudo, a jogadora do elenco de Xerém faturou o Troféu Viva Vôlei, de melhor atleta em quadra.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Sabíamos da dificuldade do jogo, Maringá tem feito boas partidas. Tivemos uma semana para focar nesse jogo. Chegamos aqui sabendo que não seria fácil e prontas para entregar tudo dentro da quadra. Estou muito feliz com o desempenho do time e nossa evolução”, disse Pri Heldes.

Fluminense voando na base

Mostrando que a base vem forte, o Fluminense faturou a medalha de bronze no Campeonato Estadual Sub-15 Feminino de Vôlei. O confronto ocorreu no último domingo (17), diante do Clube dos Funcionários da CSN, no Tijuca Tênis Clube. Em resumo, o Tricolor das Laranjeiras aplicou 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 26/24 e 25/21.

Na trajetória do Flu, as meninas comandadas pelo técnico Marcos Antônio Carvalho venceram quatro de seis partidas no primeiro turno. Apesar do alto nível apresentado, o Fluminense acabou sendo derrotado para seu maior rival, o Flamengo, na semifinal.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo