DestaquesMercado da Bola do FluminenseÚltimas Notícias do Fluminense

Nino voltou atrás na decisão que tomou sobre futuro longe do Fluminense

Nino chegou ao Fluminense em 2019, inicialmente por empréstimo do Criciúma, clube que o revelou. Rapidamente, estabeleceu uma forte identificação com o Fluminense, considerando-se parte da “xerém”, mesmo não tendo sido revelado nas categorias de base do clube. O zagueiro, que foi capitão na conquista da Libertadores em 2023, infelizmente viveu sua última temporada no Tricolor.

Aos 26 anos, Nino sempre nutriu o desejo de jogar na Europa. Suas recentes convocações para a Seleção Brasileira aumentaram ainda mais sua visibilidade no mercado de transferências. Na metade de 2023, sua transferência para o Nottingham Forest, da Inglaterra, chegou a ser especulada e divulgada por diversos veículos.

Apesar do alinhamento entre o jogador e o clube inglês, Nino reconsiderou a decisão que havia tomado. Isso ocorreu porque o Nottingham apresentou uma proposta inferior àquela solicitada pelo Fluminense, e, além disso, o Zenit, da Rússia, entrou na disputa oferecendo condições mais vantajosas pelo zagueiro.

Oferta do Zenit balançou Nino

Inicialmente, o clube russo, que sempre monitorou o jogador, teve várias propostas recusadas, principalmente devido ao banimento da UEFA, impedindo sua participação em competições europeias. No entanto, após um considerável aumento salarial e a oferta do valor pedido pelo Fluminense, o clube russo conseguiu assegurar a contratação de Nino, alterando a decisão do jogador.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

William de Oliveira, auxiliar técnico do Zenit, até afirmou que o zagueiro estava no radar da equipe há alguns anos e comemorou a contratação de um dos melhores defensores do Brasil para reforçar a linha defensiva, especialmente após a saída de Robert Renan para o Internacional.

“O Nino sempre esteve no radar, mas por uma ou outra razão, as negociações não começaram antes. Por eu ser brasileiro, eu tenho algumas informações, mas não tenho participação nas negociações. Estamos precisando de um jogador com as características de líder na nossa linha defensiva e tem tudo para nos ajudar a buscar nossos objetivos”, afirmou William sobre a presença de Nino no radar da equipe.

Nino foi vendido por 5 milhões de euros (aproximadamente 26 milhões de reais na cotação atual). O valor é considerado baixo devido à multa rescisória de Nino, que é de apenas 7 milhões de euros. Sem conseguir renovar o contrato com o jogador, o Fluminense teve que aceitar o baixo valor temendo perder Nino de graça ao final do contrato, ficando com 3 milhões de euros (cerca de 16 milhões de reais), enquanto o Criciúma receberá 2 milhões de euros (cerca de 10 milhões de reais).

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo