Últimas Notícias do Fluminense

Neymar vai pagar para tirar Daniel Alves da prisão

Nesta quarta-feira (20), a Justiça de Barcelona aceitou o pedido de liberdade provisória feita pela defesa de Daniel Alves, algo completamente inesperado aos brasileiros que já acompanhavam o caso. O atleta foi condenado na Espanha, ainda em fevereiro de 2024, por estupro de uma mulher dentro do banheiro de uma boate. A nova decisão gera manifestações nas redes sociais.

Vale ressaltar que a liberdade provisória concedida mediante ao pagamento de fiança, só é considerada enquanto não foi dada uma sentença definitiva. Para piorar a situação, Daniel Alves deve contar novamente com o apoio do pai de Neymar, para quitar a fiança de 1 milhão de euros (R$ 5,4 milhões). O objetivo é garantir a liberdade provisória, como informa o jornal espanhol “La Vanguardia”.

Como revela a publicação, o ex-jogador ainda não deve se despedir da prisão nesta quarta-feira (20), considerando que o prazo para o depósito da fiança expirava às 14h locais (10h no horário de Brasília). O ‘g1’ foi em busca de informações com a assessoria de Neymar e seu pai, no entanto, foi informado que a equipe não proporcionará detalhes: “No momento não temos comentários a fazer sobre o assunto”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Pai de Neymar atua de maneira significativa ao lado de Daniel Alves

De acordo com o jornal catalão “El Periodico”, nomes ligados ao atleta confirmaram que a defesa não esperava valores tão altos para a liberação do atleta. Assim, começaram a recorrer aos familiares e amigos, considerando que o pai de Neymar chega como uma das melhores opções. A família do jogador já havia cedido aproximadamente 150 mil euros de indenização à vítima.

Consequentemente, a quantia contribuiu para a diminuição da pena em primeira instância. Mesmo sendo uma notícia que acaba sendo direcionada ao pai de Neymar, o atleta recebe ainda mais críticas pelo posicionamento, contribuindo para um atleta condenado por estupro. Na rede social X, antigo Twitter, um torcedor comentou: “Não importa qual seja a escolha do Neymar, a próxima sempre será a pior”.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo