Últimas Notícias do Fluminense

Michael deve trair o Flamengo e jogar em grande rival

Velho conhecido da torcida do Flamengo, Michael segue se desdobrando em compromissos pelo Al Hilal, da Arábia Saudita, desde o início da temporada de 2022. No entanto, neste momento, as especulações apontam que o atleta pode buscar novos ares, e não descarta a possibilidade de retornar ao futebol brasileiro. De acordo com o ‘UOL’, o clube deseja realizar a liberação.

O intuito é abrir vaga de estrangeiros para a temporada 2024/25, estudando novas possibilidades. O clube saudita tem o intuito de atuar fortemente no mercado e vê a saída do atacante brasileiro como uma importante oportunidade, até por considerar um contrato de curta duração. Recentemente, o atleta foi alvo de Corinthians e Grêmio, no entanto, pode ser desejo de outras equipes.

Michael vestiu a camisa do Flamengo ainda na temporada de 2020, quando atuou ao comando de Jorge Jesus, em uma importante parceria. Com a equipe rubro-negra, ambos levantaram a taça do Campeonato Carioca, do Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores da América daquele ano. O jogador foi uma das revelações do futebol brasileiro, e segue agradando.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Jogador revela ausência de proposta do Flamengo

Ainda no início do ano, o ex-jogador do Flamengo participou do Domingol com Benja, e comentou que esteve muito próximo de retornar voltar ao futebol brasileiro, fechando um acordo com um dos times do Brasil. No entanto, naquele primeiro momento, o clube não aceitou a sua liberação, dando continuidade ao trabalho.

“Não teve proposta do flamengo, mas teve do Corinthians e de outros um tempo atrás. Quando estava para eu sair (do Al Hilal), lá atrás, tive propostas de três ou quatro times brasileiros e quase fechei com um, mas o Al Hilal não liberou. Eu tinha ficado entusiasmado, não deu certo, mas também deu bom, estamos há 29 jogos ganhando e estou muito feliz por isso”, contou.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo