Últimas Notícias do Fluminense

Meia nível Seleção Brasileira revela que foi dispensado pelo Flu antes de sucesso na carreira

Matheus Henrique, atualmente jogador do Sassuolo, relembrou em sua participação no podcast “Podpah” o período em que fez testes nas categorias de base do Fluminense. O volante revelou que estava praticamente aprovado no time quando se envolveu em uma confusão no alojamento do clube, o que resultou em sua expulsão.

Sobre a briga, o ex-Grêmio relatou: “Tínhamos jantado e eu e os moleques de teste fomos brincar na sinuca e chegaram uns moleques do grupo [do Fluminense], sei até quem é, mas não vou falar. Chegaram lá, cariocas naquela marra deles: ‘vai teste, passa o taco’.”

Eles responderam ‘não, vocês são de teste, teste tem que aguardar’. Nisso, um dos moleques de teste se estourou e começou um empurra-empurra. Eu estava com o taco na mão e estávamos em três ou quatro moleques, com eles com uns a mais. Foram dois para cima desse que levantou a voz e eu só peguei o taco e dei na costela de um dos moleques e ele partiu no meio. “

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No dia seguinte, antes do café da manhã, o diretor convocou o grupo para se dirigir à sala dele. Ao chegarem lá, o diretor comunicou que estava ciente do ocorrido e ressaltou que todos sabiam que aquilo não poderia ter acontecido. Em seguida, ele informou: “Vocês estão liberados, não vão continuar”.

A carreira do ex-Fluminense:

Após deixar o Fluminense devido à mencionada confusão, Matheus Henrique teve uma passagem pelo São Caetano, onde se profissionalizou e despertou a atenção do Grêmio. No clube gaúcho, ele conquistou o tetracampeonato estadual, além de receber uma convocação para a Seleção Brasileira.

Seu desempenho também despertou interesse do futebol italiano, levando-o a jogar no país atualmente. Vale destacar que o Fluminense só voltará a campo na próxima semana.

Rodrigo Simões

Apaixonado por futebol internacional e alternativo, assim como por lutas (MMA, sobretudo). A melhor coisa do mundo é desfrutar de um estádio em dia de jogo e de um bom show de rock n' roll.
Botão Voltar ao topo