Últimas Notícias do Fluminense

Martinelli entra para top-3 histórico do Fluminense

Na última quinta (9), o Fluminense entrou em campo pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, e encarou o Colo-Colo, no estádio Monumental David Arellano. Após um primeiro tempo sem gols, Manoel salvou a noite e balançou as redes, buscando os três pontos necessários para deixar o Tricolor na liderança. O destaque, no entanto, ficou para outro atleta.

Entrando em campo contra o Colo-Colo, Martinelli se tornou o terceiro jogador da história do Fluminense com mais partidas pela Copa Libertadores da América. O volante completou sua 25ª partida na competição. Vale ressaltar que o atleta estava empatado com André, na lista sobre as participações na competição. No entanto, o companheiro está lesionado.

Nas três primeiras posições, estão: Fred, com 29 jogos, Thiago Neves, com 28, e agora, Martinelli. O jogador que é um velho conhecido da torcida do Fluminense, fez sua estreia ao lado do profissional do Tricolor no dia 1º de dezembro de 2020, no empate em 0 a 0 contra o Red Bull Bragantino, pelo Campeonato Brasileiro de 2020. O atleta é peça importante para o técnico Fernando Diniz.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Martinelli acumula importantes resultados com o Fluminense

Logo após a estreia entre os profissionais do Fluminense, Martinelli se tornou titular no elenco, balançando as redes em 3 oportunidades, entrando em campo em 11 jogos, no decorrer do campeonato. No confronto entre Argentinos Juniors e Fluminense, na Copa Libertadores da América de 2023, ele realizou seu 150º jogo pela equipe profissional.

Assim, se tornou o jogador revelado pelo Fluminense, com mais partidas na história do Libertadores, com apenas 21 anos. Por ser o atual campeão da Copa Libertadores da América, o Tricolor carrega grandes expectativas dos torcedores, e vai em busca de um novo título ao comando de Fernando Diniz. A equipe segue na liderança, seguido por Cerro Porteño, Colo-Colo e Alianza Lima.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo