Últimas Notícias do FluminenseDestaquesFluminense no Cariocão

Mário Bittencourt se reúne com presidente da FERJ e faz pedido inusitado

Mandatário tricolor ironiza fala feita em 2022

Nesta segunda-feira (26), o “Museu Fluminense FC” foi inaugurado em Laranjeiras e contou com algumas presenças ilustres. O presidente da FERJ, Rubens Lopes, acompanhou boa parte da cerimônia de apresentação e acabou recebendo um pedido para lá de inusitado. O presidente tricolor, Mário Bittencourt, solicitou que a entidade esportiva hasteasse a bandeira do clube em função do estadual.

Em vídeo circulado nas redes sociais, é possível ver Mário Bittencourt, em tom de brincadeira, pedindo para que a FERJ permaneça com a bandeira do Fluminense em evidência. O pedido faz referência as grandes chances do Tricolor das Laranjeiras faturar mais um título do Campeonato Carioca.

– “Ano retrasado, quando a gente ganhou 2022 (Campeonato Carioca), eu virei pra ele e falei assim: “Presidente, não tira a bandeira daí não que a gente vai ser bi”. Presidente, deixa a bandeira lá que a gente vai ser tri!” – exclamou o mandatário de forma descontraída.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Mário Bittencourt sobre o museu

Com as salas do Museu Fluminense contando toda a história de triunfos do clube, além dos títulos conquistados e imagens de figuras que marcaram o clube desde a sua fundação, o ambiente memorável valoriza a importância da torcida em toda a trajetória do Tricolor das Laranjeiras. Nesse ínterim, Mário Bittencourt explicou como escolheu o nome das dependências.

– No início, a gente discutia sobre o nome museu. Mas museu é mutável. A história continua acontecendo, fala de passado, presente e está pronto para receber o futuro. Daqui a três dias, ela pode estar pronta para já receber o futuro (Recopa) – disse ele.

De modo geral, nesta quinta-feira (29), o Fluminense pode garantir mais uma taça valiosa para a sua coleção. Diante da LDU, o Tricolor das Laranjeiras disputa o segundo confronto da final da Recopa Sul-Americana, às 21h30 (Horário de Brasília), no Maracanã. No mais, os brasileiros foram derrotados por 1 a 0 no primeiro embate, em Quito.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo