Últimas Notícias do Fluminense

Mário Bittencourt dá OK à CBF e Fluminense recebe presentão

O Fluminense vive importante semana na temporada de 2024, e enfrentará o Alianza Lima, na próxima quarta-feira (29), pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Após o confronto, o Tricolor pode voltar a atenção aos compromissos pelo Campeonato Brasileiro, já que chega ao fim, a paralisação do torneio, após a tragédia enfrentada pelo Rio Grande do Sul.

Ainda no início da semana, a CBF se reuniu com os 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, para estudar o retorno da competição. O presidente da entidade nacional, Ednaldo Rodrigues se mostrou satisfeito com a compreensão de todos os clubes, apontando o retorno da competição. A partir do próximo sábado, o Brasileirão passa a ser realizado normalmente.

“Foi uma reunião muito produtiva e participativa. No final, foram exatamente os pontos que a CBF defendeu e que os clubes comungaram com essas decisões, das reivindicações dos clubes gaúchos e também da Federação Gaúcha. Dentro de 20 clubes, teve uma unanimidade em tudo aquilo que foi apresentado, a preservação da data do fim do nosso calendário no dia 8 de dezembro, a situação também do rebaixamento, que não foi colocado aqui, mas nos antecipamos para que não possa prosperar essas situações futuramente”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense já conhece seu próximo adversário

O Fluminense retornará aos compromissos pelo Campeonato Brasileiro, em confronto contra o Juventude. As equipes do Rio Grande do Sul terão importante dificuldade para a sequência da temporada, exatamente por contarem com uma agenda ainda mais apertada. O Grêmio, por exemplo, ainda não conta com seu estádio e seu CT, que foram tomados pela água.

“Existem leis, existe regulamento da Fifa, da Conmebol, Lei Pelé, Lei Geral, estatuto da CBF. E dentro desse calendário que foi feito, todos ficaram de acordo, pregando a solidariedade com o povo gaúcho, com os clubes e toda a sociedade gaúcha, e que a CBF buscou dar a sua contribuição mais uma vez”, completou o presidente da CBF.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo