Últimas Notícias do Fluminense

Lutador reconhecido mundialmente é anunciado pelo Fluminense

O Museu Fluminense FC tem chamado a atenção dos torcedores, gerando curiosidade e levando uma importante história do clube aos visitantes. Desta vez, quem compareceu ao local, na última terça-feira (12), foi Royce Gracie, torcedor da equipe carioca e um dos maiores nomes da história da área das lutas. A visita rapidamente repercutiu nas redes sociais.

Ídolo histórico do jiu-jitsu e do MMA (Artes Marciais Mistas), o profissional vive nos Estados Unidos, mas aproveitou a viagem ao Brasil para conhecer o importante museu. Royce Gracie acompanha o clube, que vive importante momento em sua história. Em 2024, como sequência à conquista da Copa Libertadores da América, levantou sua primeira taça da Recopa Sul-Americana.

“Acompanhei muito o Fluminense nos anos 1970. Lembro bem daquele time com Félix e Rivellino. Estou nos Estados Unidos há 40 anos, mas mesmo em passagem rápida pelo Rio de Janeiro fiz questão de dar um pulo no clube e conhecer o novo museu, que está espetacular. Que essa visita traga sorte e bons fluídos ao time em nosso confronto de sábado”, comentou ao site oficial.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Gracie conta história com o Fluminense

Royce Gracie está no Hall da Fama do UFC (principal franquia de MMA do mundo), torneio que foi o vencedor da primeira, segunda e quarta edições, ganhando importante destaque no esporte mundial. O profissional contou sua história ao lado do Fluminense, comentando que a torcida surgiu de maneira natural, considerando que já morava perto do clube.

“Eu morava perto do clube e torcer para o Fluminense foi natural. Na família Gracie há outros tricolores, como o Rickson e a Kyra. Assim como fomos importantes para a difusão do jiu-jitsu no mundo, o Fluminense foi fundamental para a expansão do futebol no Brasil. Esse lema “Nós somos a História” tem tudo a ver”, contou.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo