Últimas Notícias do Fluminense

Lei pode tirar 3 pontos do Fluminense no Brasileirão

Após período sem compromissos em campo, o Fluminense se prepara para retornar aos compromissos pelo Campeonato Brasileiro, contando com um clássico pela frente. Na próxima terça-feira (11), o Tricolor segue ao Engenhão, em confronto contra o Botafogo, pela oitava rodada da competição. No entanto, o técnico Fernando Diniz pode contar com uma preocupação para o confronto.

Luiz Henrique pode ser a grande preocupação para a torcida do Fluminense, levando em consideração que o atleta teve passagem importante pelo Tricolor, no entanto, terá sua primeira experiência contra seu antigo clube. O atleta se despediu ainda na temporada de 2022, e agora, caminha como peça importante do Botafogo. A “Lei do Ex” é cogitada nesses casos.

Luiz Henrique esteve ao lado do Fluminense nas temporadas de 2020 a 2022. No total, entrou em campo em 120 desafios, balançando as redes 14 vezes, proporcionando 14 assistências aos companheiros. Além disso, conquistou o título carioca na temporada de 2022. No entanto, o atleta foi vendido ao Betis (ESP) e, em seguida, adquirido pelo Grupo Eagle, de John Textor, dono da SAF do Botafogo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense segue atento aos movimentos do Botafogo

Na temporada de 2024, as equipes se enfrentaram em apenas uma oportunidade, em desafio pelo Campeonato Carioca. No entanto, Luiz Henrique estava lesionado naquele momento e não foi acionado para o duelo. Agora, está à disposição do técnico Arthur Jorge e deve ser peça importante para o confronto contra o Fluminense. O técnico Fernando Diniz segue atento.

No ano passado, as duas equipes enfrentaram momentos opostos, e enquanto o Fluminense foi o campeão da Copa Libertadores da América, pela primeira vez na história, o Botafogo deixou escapar o título do Campeonato Brasileiro. Agora, Botafogo e Fluminense chegam com as expectativas renovadas, no entanto, é necessário que o Tricolor busque uma virada de chave no torneio.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo