Últimas Notícias do Fluminense

LDU chega ao Brasil e já esculacha jornalistas locais

Em uma movimentação que gerou certa controvérsia no cenário esportivo, a Liga Deportiva Universitaria de Quito, a LDU, chegou ao Rio de Janeiro e logo convocou uma coletiva de imprensa com seu técnico, Josep Alcácer, programada para esta terça-feira, 27.

Contudo, a equipe equatoriana tomou uma decisão que causou certo estranhamento entre os profissionais da mídia: apenas jornalistas de sua própria nacionalidade foram autorizados a participar, excluindo representantes da imprensa brasileira do evento. A informação veio à tona por meio de um relato da jornalista Isabela Reis, que trabalha para o site ge.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

LDU barra jornalistas brasileiros antes de final com o Fluminense

Em uma postagem, Reis compartilhou sua experiência, evidenciando a restrição imposta pela comissão da LDU. “Sem declarações da LDU por aqui, pessoal… A comissão do time impediu a entrada da imprensa brasileira. Coletiva só para jornalistas equatorianos”, escreveu a repórter, anexando até uma fotografia tirada antes de ser impedida de acessar o local.

Este incidente não apenas privou a imprensa brasileira de obter declarações diretamente do técnico da LDU antes de um importante confronto, mas também suscitou questões sobre a transparência e a acessibilidade nas interações entre equipes e a mídia em eventos esportivos internacionais.

A decisão da equipe equatoriana de restringir o acesso à sua coletiva de imprensa gera um precedente para discussões sobre a liberdade de imprensa e a igualdade de tratamento entre jornalistas de diferentes nacionalidades no contexto do futebol sul-americano, que aguarda ansiosamente pela segunda partida da grande final da Recopa Sul-Americana.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo