Últimas Notícias do FluminenseFluminense na Libertadores

Keno admite que deu golpe em funcionário da Conmebol

Atacante participou de lance inusitado

Ser campeão da Conmebol Libertadores não é para qualquer time é o Fluminense provou do feito na temporada atual. Além de ter faturado o primeiro título internacional de sua história, os jogadores presentes na conquista do triunfo quiseram eternizar o momento. Um deles foi Keno, que roubou a bola após o apito final do juiz Wilmar Roldán.

Diversos vídeos do confronto entre Boca Juniors e Fluminense ganharam destaque nas redes sociais, mas uma imagem específica viralizou. Ao se consagrar campeão da Libertadores da América, Keno aparece pegando a força uma bola da partida dos braços de um representante da Conmebol. El coletiva de imprensa, o atacante do Fluminense explicou o que aconteceu.

– “Toda final eu pego a bola para deixar em casa, num quadro. Vi um cara com a bola na mão e falei “é esse aí mesmo”. Eu bati, quando ela caiu eu peguei e corri. Achei que ele iria parar, mas quando olho ele está correndo também. Aí pensei “vamos ver se ele vai correr mesmo” (risos) e disparei. Não pegou mais. A bola está em casa. No final ele passou por mim, falou alguma coisa e tá bom. É isso aí” – disse Keno

Mostrando que a atitude elogio a todos de surpresa. Keno afirmou que ao esconder a bola embaixo da camisa do Fluminense, jogadores do próprio tricolor pensaram se tratar da gravidez se sua esposa. Em tom de brincadeira, um dos maiores assistentes da temporada atual riu da situação e colocou um ponto final nas especulações.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“A da final eu pedi ao gandula e ele falou que não podia. Aí pensei “quando eu passar aqui você vai ver se não pode” (risos). O cara passou, eu peguei e saí correndo. Botei a bola embaixo da camisa para ninguém pegar e um monte de gente perguntou se minha esposa estava grávida” – finalizou ele

Keno em sua trajetória

Revelado junto ao América-SE, Keno com passagens por diversos clubes do futebol nacional. Sobretudo, o camisa 11 do Fluminense conta comidas ao Botafogo-BA, Águia de Marabá, Paraná, Santa Cruz, São José-RS, Ponte Preta, Palmeiras e Atlético-MG, até chegar ao Tricolor das Laranjeiras. Por outro lado, no exterior, defendeu Atlas (MEX), Pyramids (EGI), Al Jazira (AE).

Na temporada atual, Keno disputou 48 partidas divididas entre Campeonato Carioca, Copa do Brasil, Libertadores e Brasileirão. Nesse ínterim, o atacante foi titular em 40 embates, tendo contribuído com cinco gols e 13 assistências.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo