Últimas Notícias do Fluminense

Justiça acaba com a raça do Vasco em processo envolvendo o Fluminense

A Justiça do Estado do Rio de Janeiro rejeitou o pedido do Vasco da Gama para interromper o processo de licitação do estádio do Maracanã. A solicitação do clube cruzmaltino, apresentada com a alegação de favorecimento a outros concorrentes no edital, foi negada em decisão do desembargador Eduardo Klausner, ligado à Segunda Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Rio.

O edital do Maracanã tem como concorrentes não apenas o consórcio liderado pelo Vasco e a empresa WTorre, mas também o grupo formado por Flamengo e Fluminense, que atualmente administram o complexo, além da Arena 360, responsável pela gestão da Arena BSB em Brasília.

Confira parte do trecho da decisão: “Enquanto a suspensão do certame prolongará injustificadamente a exploração precária do Complexo Maracanã, em desacordo com o interesse público, a suspensão dos efeitos da decisão de habilitação dos demais concorrentes importará na efetiva inabilitação destes participantes, provocando-lhes grave prejuízos, além do esvaziamento da concorrência”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Decisão da Justiça barra ideia do Vasco

Em sua decisão, Klausner argumentou que suspender o processo licitatório agora poderia causar mais danos do que permitir sua continuidade. Ele destacou que tal suspensão apenas postergaria de maneira injustificada a gestão precária atual do Maracanã, contrariando o interesse público. Além disso, a inabilitação imediata dos demais concorrentes resultaria em prejuízos significativos para eles e comprometeria a competitividade do certame.

Durante esta terça-feira, 5, está agendada a abertura dos envelopes contendo as propostas técnicas dos concorrentes, um passo crucial no processo licitatório. O evento ocorrerá no Palácio Guanabara, sede do governo estadual. O pedido do Vasco buscava paralisar o processo antes dessa fase crucial, enfatizando a disputa acirrada entre três grupos interessados em administrar o icônico estádio carioca.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo