Últimas Notícias do Fluminense

Jornalista equipara Cano a uma goiabada. Entenda!

O Fluminense estreou pela fase de grupos da Copa Libertadores da América, na última quarta-feira (3), e em confronto contra o Alianza Lima, acabou completando apenas um empate em 1 a 1. O grande problema do clube neste início de ano, é a quantidade de jogadores lesionados, que diminuem as possibilidades do técnico Fernando Diniz. Entre as ausências do duelo, está Germán Cano.

O comentarista Carlos Eduardo Lino, do SporTV, comentou sobre a importância do atacante para o grupo do Fluminense. Segundo ele, a equipe carioca sem o argentino, é como “queijo sem goiabada”. “O Fluminense sem o Cano é queijo sem goiabada. É difícil de você olhar esse time sem o Cano”, resumiu o profissional. O jogador enfrentava uma entorse no joelho e ainda está em recuperação.

Vale ressaltar que o profissional também ficou de fora do confronto de volta da semifinal do Campeonato Carioca. Na ocasião, quem levou a melhor foi o Flamengo, eliminando o atual campeão da Copa Libertadores da América e seguindo para a final contra o Nova Iguaçu. A eliminação foi vista de maneira negativa pelos torcedores, no entanto, seguia ressaltando o problema das ausências.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Cano pode buscar primeira vitória do Fluminense na Libertadores

Agora, a expectativa é que Germán Cano esteja de volta às opções do técnico Fernando Diniz para o jogo contra o Colo-Colo, na próxima terça-feira, no Maracanã, pela 2ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. A equipe terá a oportunidade de utilizar a força do torcedor, para ir em busca de uma pontuação superior na competição.

No momento, o Fluminense conta com um ponto na tabela do Grupo A, e ainda enfrentará Cerro Porteño e Colo-Colo. Como sequência da conquista da Copa Libertadores do ano anterior, o Fluminense ficou com a taça da Recopa Sul-Americana, o mais próximo que esteve ao lado do time considerado titular. O objetivo é aproveitar o embalo e contar com uma nova taça no ano.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo