DestaquesMercado da Bola do FluminenseÚltimas Notícias do Fluminense

John Textor surpreende a torcida do Botafogo e decide bancar reforços para o Fluminense

O Botafogo enfrentou verdadeiros traumas em 2023, sendo o único dos quatro grandes times do Rio de Janeiro a não avançar para a próxima fase no Campeonato Carioca. Além disso, no Brasileirão, apesar de ter alcançado 98% de chances de ser campeão, o título escapou e a equipe não conseguiu nem garantir uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores.

Em busca de um 2024 mais promissor e estável, o Botafogo investiu no mercado de transferências em busca de novos reforços. Um destaque foi a contratação do ponta Luiz Henrique, revelado pelo Fluminense e que estava no Real Betis da Espanha. O jogador fechou contrato com o Botafogo e já foi anunciado pela equipe.

Administrado pela SAF do americano John Textor, o Botafogo fez um investimento significativo no atleta, que despertava interesse de outros clubes como Flamengo, Corinthians e até mesmo do próprio Fluminense. Mesmo vendo seu ex-jogador se transferir para um rival, o Fluminense tem motivos para comemorar a venda, pois receberá uma parte significativa do valor, o que inclusive pode cobrir 91% das despesas com a janela de transferências do clube.

Botafogo impacta indiretamente a janela de transferências do Fluminense

Até o momento, o Fluminense contratou sete novos reforços, incluindo o goleiro Felipe Alves, o zagueiro Antonio Carlos, os meias Gabriel Pires, Renato Augusto e Davide Terans, e os pontas Douglas Costa e Jan Lucumi. O jogador Marquinhos, que também deve ser contratado, ainda não foi anunciado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Entre todas as negociações, apenas o uruguaio ex-Athletico-PR Terans teve os direitos econômicos adquiridos pelo Fluminense. Assim, o clube já gastou R$ 20,8 milhões na janela com o uruguaio mais outras taxas de outros jogadores. Com a venda de Luiz Henrique para o Botafogo por um valor fixo de 16 milhões de euros e mais 4 milhões de euros em metas e bônus, o Fluminense terá direito a um alto valor também.

Ao todo, o clube Tricolor terá direito a pelo menos R$ 16 milhões pela venda de Luiz Henrique, financiando 76% dos reforços nesta temporada apenas com a venda do ex-jogador do Fluminense. Caso o ponta atinja suas metas, o Fluminense receberia R$ 19 milhões, alcançando 91% do total da janela.

Nesse contexto, a venda do cria de Xerém é comemorada internamente, visando as finanças do clube, que recebe todo esse valor devido aos 15% de direito a uma venda futura, pelo mecanismo de solidariedade da FIFA, além dos bônus por metas atingidas, tornando John Textor um investidor indireto para o clube Tricolor.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo