Destaques

John Textor pode ser BANIDO do futebol brasileiro após atitude ousada

Na última quarta-feira (6), o Botafogo acumulou importante vitória contra o Red Bull Bragantino, garantindo placar em 2 a 1 no Engenhão. Mesmo com o importante momento, com uma vantagem no duelo de ida da terceira fase da Copa Libertadores da América, o dono da SAF alvinegra, o empresário americano John Textor aproveitou o momento para realizar uma denúncia sobre corrupção de árbitros.

O profissional não apresentou provas, mas garantiu que em 30 dias terá novidades sobre o assunto, garantindo ter áudios de juízes reclamando por não terem recebido propinas. A fala, no entanto, rapidamente repercutiu nas redes sociais, levantando um importante problema para o Botafogo. A ANAF soltou uma nota oficial, após grave acusação de John Textor.

Vale ressaltar que o dirigente está respondendo à CBF na justiça, já que em momento anterior, disse que houve “corrupção e roubo” no último Campeonato Brasileiro. No entanto, o jornalista André Rizek afirmou no Seleção sportv da última terça-feira (5), que John Textor vai à Justiça Comum para levantar os erros de arbitragem e não deve ter medo de punições.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

John Textor pode enfrentar arbitragem do futebol brasileiro

Vale lembrar que ainda na temporada anterior, o Botafogo viu o título do Campeonato Brasileiro escorrer pelas mãos, mesmo acumulando um importante período na liderança. Assim, com a queda dos resultados, números insuficientes, o profissional começou a se posicionar sobre o assunto, levantando um questionamento inclusive, sobre o duelo contra o Atlético-MG, que terminou em uma derrota em 1 a 0.

“Ele vai para o ataque. Ele está sendo processado pela CBF por dizer que há corrupção, mas ele vai dobrar a aposta. O relatório da Good Game! não fala só do Brasileirão deste ano, fala do ano passado também. Ele vai dobrar a aposta. Ele vai levar esse relatório, que ele, Textor, acha que é robusto, apontando muitos erros de arbitragem”, iniciou. “Ele não vai frear”, completou.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo