DestaquesMercado da Bola do FluminenseÚltimas Notícias do Fluminense

John Kennedy no Lyon pegou todos de surpresa: R$ 53 milhões

Com a janela de transferências oficialmente aberta, os clubes europeus costumam fazer grandes investimentos no futebol brasileiro e sul-americano, com as equipes muitas vezes não conseguindo segurar suas joias pelos altos valores e pelo projeto esportivo apresentado pelos europeus, e com o Fluminense não é diferente.

O Tricolor, que é um dos clubes que mais revelam jovens talentos com sua base em Xerém, teve em 2023 um talento criado em casa se tornando ídolo, com John Kennedy marcando o gol que deu a primeira Libertadores da América na história para o Flu, fazendo até mesmo o jogador receber chances na Seleção Pré-Olímpica.

Com o destaque, os gols e a convocação, John Kennedy chamou muita atenção do mercado exterior, e o Lyon da França, que pertence ao mesmo dono do Botafogo, John Textor, fez uma oferta oficial para o Tricolor Carioca contratar o atacante por 10 milhões de euros (cerca de R$ 53 milhões) e levá-lo para a França.

Fluminense teve proposta do Lyon na mesa

Mal no campeonato francês e apenas dois pontos atrás da zona de rebaixamento, o Lyon visa principalmente contratar jogadores para melhorar o desempenho da equipe que durante muito tempo foi lanterna do Francês, e para isso, Textor, que observa bastante o mercado sul-americano, indicou Kennedy para a equipe.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Entretanto, de acordo com informações do jornalista Vene Casagrande, o Fluminense prontamente negou a oferta e sequer abriu uma negociação com o clube francês. O Lyon inclusive sinalizou um aumento na oferta para € 12 milhões (R$ 64,4 milhões) e incluir uma cláusula de que ele não poderia se transferir para o Botafogo, o que também sequer foi discutido.

O principal motivo pela não venda do jovem de 21 anos é que, além do desejo de não negociar o jovem no momento, o Tricolor vê John Kennedy como um dos principais jogadores para a temporada de 2024 e peça fundamental no esquema de Fernando Diniz, não sendo negociável até o momento.

Vale lembrar que o contrato de John Kennedy com o Fluminense foi renovado em outubro de 2023 e agora o vínculo entre ambos irá até 2026, ampliando um ano do contrato anterior que iria até o final de 2025. John Kennedy na última temporada foi o vice-artilheiro da equipe, marcando 12 gols, ficando atrás apenas de Germán Cano, que fez 40.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo