DestaquesÚltimas Notícias do Fluminense

Jogadores do Fluminense não dão conta e seleção brasileira passa novo vexame

Na noite da última terça-feira (21), o Brasil entrou em campo em busca de apagar a marca negativa que assolava a seleção, que vinha de três jogos sem vencer, com duas derrotas seguidas. No entanto, o que foi visto no Maracanã acabou decepcionando os mais de 67 mil torcedores, que saíram com a cabeça cheia diante de mais uma derrota.

Em um jogo mais uma vez marcado por violência entre argentinos e brasileiros, a partida acabou sendo atrasada em 30 minutos devido à confusão generalizada entre torcedores. Com a bola rolando, um jogo muito físico e com bastante faltas foi visto, com o Brasil recebendo muitos cartões. Com um gol solitário de Otamendi no segundo tempo, a Seleção viu sua terceira derrota seguida, desta vez por 1×0.

Pelo lado do Fluminense, ao menos uma notícia positiva, já que Nino entrou no segundo tempo na vaga do zagueiro Marquinhos e fez sua estreia na Seleção, enquanto André começou mais uma vez entre os 11 titulares. Entretanto, nem mesmo a atuação de ambos conseguiu apagar mais um vexame do Brasil.

Seleção Brasileira é vaiada e passa mais um vexame 

Com um time diferente do primeiro jogo, o Brasil até foi superior na partida, mas com diversas chances desperdiçadas acabou sofrendo o gol da Argentina, talvez a única chance clara do adversário, de cabeça, decretando a derrota. Isso acabou se tornando uma mancha, por exemplo, para André, volante do Fluminense, que em seus dois jogos como titular presenciou duas derrotas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Antes mesmo do apito final, gritos de “Olé” eram entoados das arquibancadas, inclusive pelos próprios brasileiros, juntamente com gritos de “seleção sem vergonha”. A derrota também marcou o primeiro revés do Brasil em casa na história das eliminatórias, mais uma marca negativa durante o processo para a Copa de 2026.

Com a derrota e mais um vexame, o Brasil caiu para a 6ª posição na classificação geral, estando agora no limite da zona de classificação direta para a Copa, com sete pontos ganhos de 18 possíveis, vivendo ainda a marca de três derrotas consecutivas. Enquanto isso, a Argentina, com a vitória diante do Brasil, mantém a liderança isolada com 15 pontos e apenas uma derrota em toda a campanha rumo à Copa de 2026.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo