Últimas Notícias do FluminenseDestaquesFluminense no BrasileirãoJogos e Partidas do Fluminense

Jogador assume culpa por derrota do Fluminense

Tricolor amarga a zona de rebaixamento da Série A

Até mesmo os melhores jogadores em campo cometem erros e o goleiro Fábio comprovou o desnível técnico do Fluminense da pior forma possível. Nesta segunda-feira (13), os cariocas foram derrotados pelo São Paulo, no Morumbis, por um placar de 2 a 1. Na ocasião, o arqueiro assumiu o erros no gol de empate, que ocorreu após uma falha grotesca do atleta de 42 anos.

Apesar de sua idade avançada, Fábio permanece atuando em alto nível no futebol sul-americano. Entretanto, diante do São Paulo, o goleiro se enrolou com a bola no pé e entregou a pelota para atacante adversário, que prontamente serviu Bobadilla. Em zona mista após mais uma derrota do Fluminense, o guarda-redes tomou para si a responsabilidade da derrota e tentou justificar o que aconteceu no lance. 

— Tivemos erros cruciais, um erro meu. Pedir desculpa para o torcedor tricolor. É o que a gente faz dia a dia no treino. Vamos continuar trabalhando para buscar as vitórias. Não jogamos no Maracanã, tivemos muitas lesões. Mas temos confiança total que as coisas vão vir. Fui tentar dominar, fazer o simples. A gente trabalha sempre se cobrando no dia a dia. Dentro do jogo são situações muito rápidas. Temos mais coisas positivas saindo jogando, muitos gols que se inicia no princípio da jogada. São lugares perigosos, mas fazemos isso há mais de dois anos com o Diniz. Infelizmente saiu o gol, poderia ser evitado – disse ele.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense perdendo a torcida

 Os torcedores são os maiores triunfos de todo clube, mas nem sempre o amor dos adeptos é retribuído com a mesma intensidade. Acompanhando o Fluminense dentro e fora do Brasil, os tricolores já não estão com paciência para aturar segundo os tropeços do elenco comandando por Fernando Diniz. Figurando a zona de rebaixamento do Brasileiros, os fanáticos entoam nas arquivos das e redes sociais o coro pedindo a demissão do treinador campeão da América em 2023. 

Somente na temporada atual, Diniz acumula sete vitórias, sete empates e sete derrotas, o que coloca em xeque a ineficiência coletiva do elenco de Xerém. Com contrato válido até 31 de dezembro de 2024, a diretoria do Fluminense não estuda demitir Fernando, mas liga seu sinal de alerta sobre a planejamento anual do Time de Guerreiros. 

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo