Últimas Notícias do Fluminense

Jogador amado pela torcida do Fluminense revela que quer jogar em rival paulista

O lateral-esquerdo Caio Henrique, velho conhecido da torcida do Fluminense, completou passagem importante pelo Santos. Atualmente, o jogador defende a camisa do Monaco, em disputa o Campeonato Francês, no entanto, segue acompanhando a equipe paulista, torcendo para uma virada de chave ao time. Neste momento, o Peixe atua pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Caio Henrique esteve em entrevista ao ‘ge’, na sede do futuro CH Sports, um investimento do profissional, que contará com campo de society, quadras de areia, além de uma academia. Ele comentou sobre a expectativa para a sequência de sua carreira, o intuito de retornar às convocações da seleção brasileira, tudo que aprendeu ao lado do técnico Fernando Diniz, além de um possível retorno ao Santos.

“Minha família toda é santista, eu tenho um carinho enorme pelo Santos. Foi muito triste ver o Santos ser rebaixado, jogar a Série B. Agora tento acompanhar um pouco quando dá, assistir aos jogos. O horário, às vezes, não permite. Mas vemos que é um ano de reconstrução. As coisas não são fáceis. A Série B é um campeonato difícil. Até nos últimos jogos o Santos encontrou bastante dificuldade”, iniciou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense é parte importante na carreira de Caio Henrique

Além do carinho pelo Santos, Caio Henrique demonstra gratidão ao Fluminense, outro clube essencial em sua história. Com a camisa do clube carioca, ainda na temporada de 2019, o jogador se encontrou como lateral-esquerdo, levando a decisão por toda a carreira. Vale ressaltar que foi uma dica vinda de Fernando Diniz. Ele garante ter sido a virada de chave de sua carreira.

“Foi a virada de chave na carreira. Mudei de posição. Até ali era meia armador e fui para a lateral esquerda, onde me encontrei. Fui o jogador de linha que mais fez partidas no futebol brasileiro em 2019. Perdi apenas para os goleiros. Foi um momento muito especial para mim. Tenho carinho especial pelo Fluminense. Foi o time que me abriu as portas após minha passagem pelo Paraná e onde me encontrei”, disse.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo