Últimas Notícias do Fluminense

Investigação chegou ao fim e Daniel Alves foi libertado

O ex-lateral-direito do São Paulo, Daniel Alves, que enfrentou controvérsias e se tornou persona non grata no São Paulo, está detido em Barcelona, completando 11 meses de prisão. Acusado de agressão sexual a uma jovem de 23 anos na Espanha, o jogador aguarda julgamento e já teve quatro pedidos de liberdade condicional negados, podendo ser condenado a até 12 anos de detenção.

Apesar da situação complicada na Espanha, ele teve uma notícia favorável na justiça brasileira. O Ministério Público Federal (MPF) encerrou a investigação sobre irregularidades nos convênios da ONG Instituto DNA, fundada pelo jogador, com o governo federal. O MPF havia apontado possíveis irregularidades nos repasses de verbas, mas optou pelo arquivamento do processo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Processo contra Daniel Alves é arquivado no Brasil

O Instituto DNA, agora gerido por Rodrigo Gomes Valentim, recebeu a boa notícia de que voltará a receber fundos do governo federal para projetos esportivos. A organização terá direito a R$ 690.189 provenientes da Secretaria Nacional de Esporte Amador, Educação, Lazer e Inclusão Social.

Vale destacar que o repasse de verba tinha sido suspenso anteriormente pelo Tribunal de Contas da União (TCU), devido à consideração de irregularidade no tempo de convênio da ONG Liderança, liderada por Daniel Alves, com o governo, ultrapassando o limite de três anos.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo