Últimas Notícias do Fluminense

Imprensa argentina esculacha o Botafogo e teme o Fluminense na Libertadores

A temporada de 2023 ficou marcada de maneira positiva na história do Fluminense, que ao comando do técnico Fernando Diniz, conquistou sua primeira taça da Copa Libertadores da América. A final se desdobrou contra o Boca Juniors, em final realizada no Maracanã, tomada por torcedores do Tricolor. Agora, inicia uma nova trajetória na competição continental.

A emissora ESPN da Argentina, decidiu eleger os times brasileiros mais temidos para o torneio. O atual campeão, o Fluminense, chega na terceira posição da tabela, com importante favoritismo, exatamente pelo título conquistado no ano anterior. Ao superar um clube argentino na decisão, aumenta a hegemonia brasileira sobre o torneio. Assim, chega com grandes expectativas.

O Botafogo, apesar da importante campanha realizada na última edição do Campeonato Brasileiro, despertando atenção na Argentina, o desempenho ao final das rodadas levantou questionamentos. A inexperiência na Libertadores pode ser um obstáculo na competição, levando o clube para a sétima posição no ranking. O clube busca uma virada de chave na temporada.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense acompanha adversários na Libertadores

O Palmeiras, atual campeão do Campeonato Brasileiro, é reconhecido pelo seu histórico positivo na Libertadores, especialmente nos últimos anos. O clube alcançou as semifinais nas últimas quatro edições e venceu duas vezes. Mesmo acumulando uma eliminação inesperada no ano anterior, ainda caminha entre os grandes favoritos, na segunda posição da lista.

O Flamengo é apontado como o principal favorito devido ao seu talento individual e ao elenco estrelado, reforçado com a chegada de Nicolás de la Cruz. Ao comando de Tite, é considerado uma equipe temida por todos na competição, e entende a necessidade de reconquistar o torneio. Na temporada de 2023, passou o ano em branco.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo