Últimas Notícias do Fluminense

Ídolo do Fluminense teme novo vexame contra a LDU

Washington, o Coração Valente, ídolo do Fluminense, compartilhou suas reflexões após presenciar a derrota do Tricolor por 1 a 0 contra a LDU na primeira final da Recopa Sul-Americana. O jogo despertou memórias da contenda da Libertadores de 2008, onde o Fluminense também enfrentou a equipe equatoriana, mas Washington acredita em um desfecho diferente para o confronto desta quinta-feira, 29, no Maracanã.

Em entrevista ao Torcedores.com, Washington comentou sobre a dificuldade de jogar na altitude e reconheceu o mérito da LDU na primeira partida. Porém, ele destaca a menor diferença de gols desta vez, vendo no Tricolor todas as condições para reverter o placar e conquistar o título diante de sua torcida, sem necessidade de pênaltis.

Washington dá aviso para os jogadores do Fluminense

Relembrando a final de 2008, Washington admite a nostalgia, mas enfatiza que o elenco atual, comandado por Fernando Diniz, não carrega as marcas das derrotas passadas. Ele aponta que, apesar de uma derrota contra a LDU marcar o clube, o grupo atual tem capacidade para lidar com o resultado e seguir em busca de outras conquistas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Não creio que deixará uma marca nos jogadores. É um grupo totalmente diferente, que não tem nenhuma relação com aquelas derrotas lá trás. Mas sem dúvida perder esse título deixaria uma marca no Fluminense, no clube. Perder a terceira final internacional para o mesmo adversário é algo que ficaria marcado”, disse o ex-jogador.

Washington elogia o elenco de 2024, considerando-o ainda mais forte que o do ano anterior, apesar da ausência de um zagueiro à altura de Nino. Ele ressalta a manutenção de jogadores chave e acredita nas novas contratações para manter o alto nível do time.

Sobre a preocupação de alguns torcedores com a idade dos reforços, Washington não vê problema, destacando a qualidade dos jogadores. Ele reconhece a necessidade de adaptação ao estilo de Diniz e prevê que a equipe estará em plena forma para as disputas da Libertadores e do Campeonato Brasileiro, superando eventuais desafios de entrosamento e condição física.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo