DestaquesEx-Jogadores e Ídolos do FluminenseÚltimas Notícias do Fluminense

Ídolo do Fluminense entrou no Guinnes Book por motivo inusitado

O Fluminense nas últimas temporadas tem feito grandes histórias no mundo do futebol. Seja em contratações, títulos e até mesmo rivalidades, o clube Tricolor também tem um feito no Guinnes Book, o famoso livro dos recordes, por um motivo um pouco traumático para a torcida Tricolor.

Em meio à grande decisão contra a LDU, torcedores relembraram um grande feito do ídolo Thiago Neves que o colocou inclusive no Guinnes por conta de um jogo contra a LDU. O fato ocorreu em 2008 quando o Fluminense liderado pelo meia e outros craques chegou à sua primeira final da Libertadores em toda a história.

Depois de uma campanha difícil eliminando o São Paulo e o Boca Juniors, o Tricolor chegou à final para enfrentar a LDU. Em um duelo que já havia acontecido na fase de grupos da mesma Libertadores, o Flu levou a melhor, avançando em primeiro no grupo. No reencontro com a mesma LDU na final, o Flu, no entanto, sofreu no primeiro duelo.

Em jogo na altitude de Quito, o Tricolor acabou perdendo por 4×2, mas apesar da derrota, a torcida manteve a esperança e lotou o Maracanã com mais de 80 mil torcedores no estádio. Em campo, o Flu saiu atrás no placar logo no início do jogo, mas aí brilhou a estrela de Thiago Neves.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Marcando três gols e até hoje sendo o único a fazer um hat-trick em final de Libertadores, o feito na decisão lhe concedeu entrar para o Guinnes Book como o único jogador a marcar três gols em uma final de Libertadores. No entanto, o final daquela noite foi traumático para o Tricolor, já que após terminar em 3×1, o Flu acabou perdendo nos pênaltis, causando um episódio traumático.

Thiago Neves fala sobre a final

Apesar do grande feito, Thiago ainda não consegue lembrar daquela final como uma memória boa, já que, mesmo tentando, o Flu ficou com o vice e com o grito de campeão entalado por 15 anos até finalmente ganhar em 2023.

“O resultado ficou longe de ser aquilo que sonhávamos. A ferida segue aberta, mas, felizmente, com aprendizado da derrota, aquela geração se fortaleceu. Logo depois, o Fluminense conquistaria o tri e o tetra brasileiro. Tenho muito orgulho de ter feito parte deste grupo nas vitórias e derrotas.” – Postou Thiago Neves em 2022 sobre a final.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo